Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

22/10/2012 - 14:29 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Continua preso, homem que invadiu o Quartel da Polícia em Araçuai

A polícia acredita que o homem, de 31 anos, agiu sob efeito de drogas. Ele foi atingido no joelho quando tentava alcançar local onde ficam as armas

Foto: SV Continua preso, homem que invadiu o Quartel da Polícia em Araçuai
O quartel da Polícia Militar em Araçuai não possui muros, o que facilitou a invasão

Continua preso no presídio de Araçuaí, o desempregado Marcelo Soares Oliveira, 31 anos. Na madrugada de quinta-feira (17/10) ele invadiu o quartel da Polícia Militar e acabou sendo alvejado no joelho por um soldado. Depois de medicado, ele foi conduzido à delegacia de Polícia e depois encaminhado ao presídio Carlos Vitoriano.

 

De acordo com informações do Comando Militar,  por volta das  2 da madrugada de quinta-feira (17), uma guarnição da Polícia, composta pelos militares Sargento  Adiminio e Cabo Edu Rocha encontravam-se no interior do quartel registrando uma ocorrência policial, em local afastado da recepção.

 

De repente,  escutaram uma ordem de parada  e que colocasse as mãos na cabeça, dada pelo  soldado Leandro Rodrigues Pereira de, 27 anos,  plantonista da noite. 

 Os militares saíram correndo em direção a recepção para ver o que estava acontecendo e ouviram um estampido proveniente de disparo de arma de fogo.

 

Ao entrarem na intendência, sala onde se guarda as armas,  encontraram  Marcelo Soares de Oliveira 31 anos, caído  no chão e com um ferimento no joelho esquerdo.

 Homem entrou pelos fundos do Quartel

O soldado Rodrigues, relatou que encontrava-se no plantão  quando  foi surpreendido pelo  homem que entrou correndo pelos fundos do quartel, que não tem muros, mas,  apenas cercas de arame.

 

No momento em que o soldado ordenou que ele parasse e colocasse as mãos na cabeça , ele  pulou o balcão do plantão e seguiu em direção a intendência no intuito de render e tomar a arma do referido militar juntamente com outros armamentos.

 

“ Foi  necessário o militar, efetuar um disparo de arma de fogo em direção do autor, o qual foi atingido no joelho esquerdo”, contou o Sargento Orias Chaves.

 

 O autor foi socorrido no hospital local onde recebeu atendimento medico. Ele continua preso à disposição da Justiça.

 

A polícia acredita que ele agiu sob efeito de drogas.

 

 Foi confeccionado um Boletim de Ocorrência para o Delegado de Policia Civil,  e outro para o Comandante da Unidade para a lavratura do AUTO DE APRESENTAÇÃO DE MILITAR CONDUZIDO.

 

A arma pertencente a carga da Policia Militar foi  apreendida juntamente com o cartucho deflagrado.