Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

01/04/2012 - 14:30 - Fonte: Sérgio Vasconcelos

Jovem de 18 anos é assassinado em Araçuaí

O assassinato do jovem Fernando Gomes da Silva Queiroz, de 18 anos, ocorrido por volta da meia-noite de sábado (31/03) no bairro Canoeiros, em Araçuaí (MG), pode ter sido motivado por vingança.

Foto: Álbum de Família Jovem de 18 anos  é assassinado em Araçuaí
Jovem pode ter sido morto por vingança

O assassinato do jovem Fernando Gomes da Silva Queiroz, de 18 anos, ocorrido por volta da meia-noite de sábado (31/03) no bairro Canoeiros, em Araçuaí (MG), pode ter sido motivado por vingança.

 

O rapaz chegou ainda com vida no hospital São Vicente mas,  não resistiu aos ferimentos e,  faleceu por volta das 4 da manhã deste domingo (01/04).

 

Fernando foi morto a facadas  pelo cortador de cana, Higor José Silva Gonçalves, 30 anos, na altura do número 346, da avenida Israel Pinheiro, em frente à casa do cortador de cana. Pelo menos oito testemunhas assistiram o assassinato do rapaz.

 

Vingança

 

De acordo com a mãe do jovem, Maria de Fátima Gomes de Oliveira, em meados do ano passado, seu filho se envolveu em um roubo de um celular, juntamente com o cortador de cana, quando saiam de uma festa no Clube Calhauzinho, no centro da cidade.

 

O dono do celular, um senhor de idade, foi espancado pelos dois. O homem reconheceu a dupla que foi presa tempos depois.

 

Como era menor na época, Fernando ficou preso 45 dias, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente.

 

Higor José ficou preso e ganhou a liberdade este ano.

 

“Ele me contou que foi doidice da idade, depois disso, ele ficou sossegado. O Fernando era um menino tranqüilo. Trabalhava comigo descarregando equipamentos de palco e som. Eu confiava nele para tudo”, disse Geraldo Magela Soares, do Gera Som.

 

“Acho que o Higor não se conformava com o fato de ter ficado preso e o Fernando ter ganhado a liberdade. Eu sabia da rixa dos dois mas,  nunca imaginei que ele fosse capaz de matar meu filho. Ninguém tira a vida dos outros assim. Espero que a justiça seja feita”, desabafou Maria de Fátima.

 

Como foi o crime

 

As testemunhas que presenciaram o assassinato do jovem, contaram que Fernando conversava com um grupo de amigas, ao lado da casa do Higor José.

 

“De repente ele apareceu e falou que ia apanhar uma bebida para o Fernando. Quando voltou, já estava armado com uma faca e começou a golpear o rapaz. Não deu tempo para nada”, disse uma das testemunhas.

 

Ao receber a primeira facada, nas costas, o jovem correu e pediu por socorro. Higor José foi atrás e deu mais outra facada, na altura do pescoço e outra na região lombar.

 

Higor José ainda permaneceu no local por cerca de meia-hora. “ Depois ele saiu tranquilamente”, disse uma testemunha.

 

Higor José mora com a mãe e uma irmã.. A casa estava fechada . Ninguém atendeu a campainha para falar com a reportagem do Jornal Gazeta Online

 

Fernando foi levado de moto para o hospital e faleceu por volta das 4 da manhã.

 

O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal em Itaobim e deverá chegar a Araçuaí no final da tarde. O sepultamento deve ocorrer nesta segunda-feira ( 02/04).

 

Fernando era o filho mais velho de três irmãos. Ele deixa um filho de 8 meses.