Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Política

26/02/2012 - 14:52 - Fonte: Gazeta de Araçuaí

Caixa Federal retém verbas para obras em Araçuaí porque a Prefeitura está no SIAFI

Há três meses que a Prefeitura de Araçuaí está no SIAFI - Sistema de Integração Financeira do Governo Federal - uma espécie de SPC- Serviço de Proteção ao Crédito.

Foto: Arquivo Caixa Federal retém verbas para obras em Araçuaí porque a Prefeitura está no SIAFI
Caixa Federal retém verbas para obras em Araçuaí porque a Prefeitura está no SIAFI

Há três meses que a Prefeitura de Araçuaí está no SIAFI - Sistema de Integração Financeira do Governo Federal - uma espécie de SPC- Serviço de Proteção ao Crédito. “Na gestão do ex-prefeito, José Antônio Martins (PT), foi iniciada uma obra de abastecimento de água na comunidade rural do Gravatá, com recursos da Funasa ( Fundação Nacional de Saúde ).

 

Na época foram repassados recursos na ordem de R$ 120 mil reais. A obra não foi concluída e a Funasa não aceitou a prestação de contas que está irregular. Com isto a prefeitura foi colocada no SIAFI. Enquanto não resolvermos esta pendência a administração municipal não pode receber nenhum recurso governamental. Todos os nossos projetos estão parados porque a maioria é financiado com recursos provenientes de emendas parlamentares”, disse o prefeito Aécio Jardim. “Desde dezembro do ano passado estou tentando repassar os recursos para construção da ponte do Gravatá, mas esta pendência com o SIAFI está impedindo a transferência da verba”, afirmou o deputado federal Ademir Camilo. “A Funasa quer a obra pronta. Já encaminhamos uma proposta de solução.

 

Todos os recursos que Araçuaí tem direito estão retidos pela agencia da Caixa Federal em Governador Valadares”, informou o prefeito Aécio Jardim. “Não é bom que o município permaneça nesta situação. Tenho uma série de obras para fazer e estou engessado por este problema. È uma situação que está impedindo o desenvolvimento do município em decorrência de uma má gestão de recursos da administração passada”, afirmou Aécio Jardim. Entre as obras que estão prejudicadas ele citou a construção do estádio municipal, casa do artesão, calçamento do distrito de Itira, das ruas Uberaba e Luciana Teixeira e Avenida Bom Jesus, na sede do município, ponte no distrito de Engenheiro Schnoor, construção da Unidade Básica de Saúde no bairro Canoeiro, construção do Centro de Referencia Social (CRAS) no bairro Arraial, o Pro Infância da Baixada, aquisição de seis ônibus escolares, duas academias de ginástica da saúde, aquisição de tratores para agricultura familiar, compra de uma retroescavadeira entre outras obras. A atual administração está negociando com a Funasa retomar a obra e retirar o nome da prefeitura do SIAFI.