Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Cidades

25/04/2012 - 16:27 - Fonte: Jornal Gazeta de Araçuai

Amado Batista, Geraldo Azevedo e Caravana Saulo Laranjeira nos 100 anos de Pedra Azul

Pedra Azul (MG) cidade do Médio Jequitinhonha, completa 100 anos de emancipação dia 1 de junho. A prefeitura preparou uma programação de peso, incluindo shows de Amado Batista, Geraldo Azevedo, Saulo Laranjeira, Paulinho Pedrazul, Alan e Alex e Dani Morais, finalista do programa " Idolos" do SBT

Foto: divulgação Amado Batista, Geraldo Azevedo e Caravana Saulo Laranjeira nos 100 anos de Pedra Azul
Amado Batista, Geraldo Azevedo e Caravana Saulo Laranjeira nos 100 anos de Pedra Azul

Pedra Azul, (MG) no Médio Jequitinhonha, completa 100 anos de emancipação no dia 1º de junho.

O cantor Amado Batista abre a programação do centenário, com show  "Meu louco Amor", na noite de 31 de Maio.

O cantor é sucesso em todo o pais.

 

Ao longo de seus 36 anos de carreira, gravou 31 discos sendo 28 inéditos, vendeu mais de 25 milhões de discos, recebeu centenas de prêmios, entre eles, 28 discos de ouro, 28 discos de platina e um de diamante.

No dia 1º de junho é a vez da prata da casa, Paulinho Pedrazul e no dia seguinte, a dupla Alan e Alex.

O encerramento será feito com shows de Saulo Laranjeira, Geraldo Azevedo e Rubinho do Vale.

A programação inclui ainda a apresentação  do  Minas ao Luar, um projeto musical  do SESC que busca o resgate e o incentivo da tradição seresteira em todo o Estado, embalando as noites mineiras e levando  aos mais diversos municípios, eventos de qualidade e bom gosto.

 

História de Pedra Azul

 

O português Manuel José Botelho foi o fundador da fazenda Pau d'Alho, o primeiro povoamento no município.

 

A seguir, o povoado que surgiu nas redondezas recebeu o nome de Nossa Senhora da Conceição da Boca da Caatinga, sendo este o primeiro nome de Pedra Azul

 

 

Posteriormente, já com a implantação do sistema republicano no país, o alferes Cassiano dos Reis, primeiro presidente do Conselho de Caatinga, diligencia para que esse nome seja mudado para Fortaleza.

 

 

Em 1 de junho de 1912, houve a elevação do distrito de Fortaleza a município, e em 1943 o nome da cidade foi mudado para Pedra Azul.