Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Política

30/04/2012 - 11:38 - Fonte: in360.globo.com/mg

Prefeito de São João do Paraíso é afastado do cargo

O prefeito Manoel Capuchinho da cidade de São João do Paraíso, no norte de Minas, a 130 km de Salinas, foi afastado do cargo, nesta quinta-feira, dia 26.04, por decisão da Câmara de Vereadores.

Foto: divulgação Prefeito de São João do Paraíso é afastado do cargo
Prefeito de São Joaõ do Paraiso, Manoel Capuchinho
O prefeito Manoel Capuchinho da cidade de São João do Paraíso, no norte de Minas, a 130 km de Salinas, foi afastado do cargo, nesta quinta-feira, dia 26.04, por decisão da Câmara de Vereadores.
 
Ele é acusado de não repassar os recursos financeiros destinados ao Legislativo e também de não repassar ao Instituto Nacional do Seguro Social, INSS, as contribuições recolhidas dos servidores municipais, desde janeiro de 2011. 
 
Segundo os vereadores, o problema estaria provocando vários prejuízos ao município, por causa do bloqueio do repasse do Fundo de Participação dos Municípios, FPM.
 
O prefeito deve ficar afastado por 90 dias, enquanto a Câmara Municipal investiga as denúncias de irregularidades.
 
Manoel Capuchinho administra o município por força de uma liminar deferida Tribunal de Justiça de Minas Gerais. 
 
O advogado, Guilherme Bandeira Rocha, que defende o prefeito afastado, informou que os repasses ao legislativo estão sendo realizados, proporcionalmente a receita da prefeitura, conforme autorização da justiça.
 
E que a dívida com o INSS é referente ao ano de 2008, período anterior ao atual mandato.
 
O advogado informou ainda, que vai recorrer da decisão na justiça.
 
Assume interinamente, a administração do município, o vice-prefeito José Aparecido de Souza.
 
A posse está prevista para segunda-feira, dia 30 de abril.