Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

10/06/2014 - 11:42 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Mais duas mercearias são assaltadas em Araçuai

Comerciante defende união do empresariado para fazer protesto e exigir mais segurança na cidade.

Foto: Gazeta de Araçuai Mais duas mercearias são assaltadas em Araçuai
Uma das mercearias assaltadas fica em uma das principais avenidas da cidade, na região da Baixada.

 

A Polícia procura por dois homens suspeitos de assaltarem uma mercearia, na avenida Nuno Melo (MG),  na região da Baixada, em Araçuai, no Vale do Jequitinhonha, no início da  noite desta segunda-feira (9).

 

 

De acordo com o dono da mercaria, Oswaldo Dias,  64 anos, foram  roubados cerca de R$800.

 

Segundo ele, dois homens  com os rostos cobertos com camiseta e um deles, simulando estar armado, anunciou o assalto e roubaram o dinheiro que estava no caixa.

 

Em seguida, eles fugiram à pé  em direção à uma rua conhecida pelo tráfico e consumo de drogas.

 

 

Minutos depois, a polícia militar recebeu uma denúncia anônima e deteve um ex-presidiário, de 34 anos, suspeito de participar do assalto. A vítima não o reconheceu e o homem foi liberado.

 

 

Mais assaltos

 



Uma outra mercearia também foi assaltada no sábado(7) em Araçuai. O comércio fica na Avenida Benjamim Constant, no bairro Esplanada.

 

 

De acordo com a proprietária, dois indivíduos,  com camisas enroladas na cabeça, e com as mãos debaixo das jaquetas, como se estivessem armados, entraram na mercearia e anunciaram o assalto. Eles levaram em torno de R$ 400.

 

 

Em seguida, eles fugiram à pé.

 

 

A Polícia Militar  suspeita que os autores sejam  dois homens que chegaram recentemente de Belo Horizonte e que estariam morando em uma casa alugada na rua Tulipa, no bairro Pipoca.

 

 

Os militares foram até à casa , porém, as portas estavam fechadas e as luzes apagadas.

 

 

Ninguém foi preso.

 

Indignação

 

 

O comerciante Oswaldo Dias está indignado com o aumento da violência em Araçuai.

 

 

“ É raro dia que não acontece um roubo, um arrombamento, um furto. Qualquer dia vão matar um comerciante. A sociedade precisa reagir, fazer um protesto em frente ao Fórum, sair às ruas e exigir das autoridades maior segurança”, defende o comerciante.

 

 

Para ele, os empresários devem exigir mais policiamento e mais viaturas.

 

 

A Polícia Militar se defende e diz que o patrulhamento nas ruas tem sido feito e que as ações contra o crime são constantes. “ Muitas vezes prendemos um suspeito que acaba sendo libertado devido às liberalidades da lei”, explica um sargento PM.

 

 

A Polícia Civil tem a função de investigar os crimes mas em Araçuai, encontra-se desfalcada por falta de pessoal e infraestrutura.

 

Gazeta de Araçuai