Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Educação

18/05/2012 - 08:52 - Fonte: Hoje em Dia

10 universidades federais em Minas aderiram à greve, entre elas a UFVJM

O Andes-SN ainda não sabe informar o número total de professores em greve e também não deu uma previsão. A quantidade de alunos prejudicados também não foi informada.

Foto: Divulgação 10 universidades federais em Minas aderiram à greve, entre elas a UFVJM
A paralisação do Setor das Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes), aprovada no país inteiro no último sábado, pode resultar na suspensã

A paralisação do Setor das Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes), aprovada no país inteiro no último sábado, pode resultar na suspensão parcial ou total de mais de 40 universidades.


De acordo com o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN), a estimativa é de que 45 instituições entrem em greve nesta sexta-feira (18/05), já que nesta quinta 37 aderiram ao movimento com redução de atividades e há professores que esperam pelas 72 horas após a declaração oficial do estado de paralisação para se unir à greve.

 

Em Minas Gerais, as outras instituições que aderiram ao movimento nesta quarta foram Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG), Universidade Federal de Viçosa (UFV), Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), Universidade Federal de Lavras (UFLA), Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG) e Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM).

O Andes-SN ainda não sabe informar o número total de professores em greve e também não deu uma previsão. A quantidade de alunos prejudicados também não foi informada.