Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Educação

18/05/2012 - 17:09 - Fonte: Agência Minas

Governo de Minas apresenta cronograma do concurso para a área da Educação

O concurso oferece um total de 21.377 vagas para diversas carreiras da educação e o número de inscritos foi de 262.989.

Foto: divulgação Governo de Minas apresenta cronograma do concurso para a área da Educação
O concurso oferece um total de 21.377 vagas para diversas carreiras da educação e o número de inscritos foi de 262.989.

O Governo de Minas apresentou, na  quinta-feira (17/05), durante reunião com representantes do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), o cronograma de divulgação para as próximas etapas do concurso público para preenchimento de vagas na Secretaria de Estado de Educação.

 

Os esclarecimentos foram feitos a pedido dos representantes da Sind-UTE/MG. Além disso, outros temas foram tratados, como a regularização das informações da vida funcional dos servidores e a organização dos quadros de escola.

 

 

O concurso oferece um total de 21.377 vagas para diversas carreiras da educação e o número de inscritos foi de 262.989.

 

O índice de participação nas provas foi próximo aos 90%. O resultado das provas objetivas, assim como a convocação de candidatos aprovados para a apresentação de títulos, será divulgado no Diário Oficial até o dia 30 de maio.

 

 

A expectativa, de acordo com os representantes do Governo de Minas, é que os novos servidores iniciem as atividades profissionais no início do ano que vem.

 

A prioridade será dada para a nomeação dos 13.993 novos professores, que deverão estar em sala de aula a partir do primeiro dia letivo de 2013.

 

Pelo Governo de Minas, participaram da reunião a subsecretária de Informações e Tecnologias Educacionais, Sônia Andere, o subsecretário de Gestão de Recursos Humanos, Antônio Musa de Noronha, e o assessor para Relações Institucionais, Felipe Estábile Moraes — todos da Secretaria de Educação —; a subsecretária de Gestão de Pessoas, Fernanda Siqueira Neves, e a superintendente Central de Políticas de Recursos Humanos, Maria Isabel Rolla França, pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), e pela chefe de gabinete do Escritório de Prioridades, Mônica Bernardi. Pelo Sind-UTE/MG, compareceram a coordenadora Beatriz Cerqueira, e as integrantes da Comissão de Negociação, Marilda Araújo, Feliciana Saldanha e Lecioni Pereira.

 

 

A agenda com os representantes da entidade integra cronograma de reuniões para analisar o conjunto de propostas entregues ao governo.

 

Durante o encontro, iniciado às 16h e encerrado às 18 horas, foram abordados alguns dos itens da pauta, que conta com mais de 60 itens.

 

A próxima reunião entre os representantes do Governo de Minas e do sindicato está marcada para o dia 31 de maio.

 

Na oportunidade, será feita uma apresentação sobre o modelo unificado de remuneração, adotado a partir do início deste ano; esclarecidas dúvidas e avaliação dos critérios sobre a concessão de férias-prêmio; entre outros esclarecimentos.

 

 

Concurso Público

 

Após a divulgação dos resultados das provas objetivas, que acontecerá até o dia 30 de maio, começa a contar o prazo para que os candidatos aprovados enviem os títulos — via sedex — à Fundação Carlos Chagas, organizadora do concurso.

 

Até o dia 26 de junho será publicada, após a análise de recursos, a classificação dos candidatos na 1ª etapa.

 

Após a avaliação dos títulos, deverá ser divulgado, até o dia 25 de setembro, o resultado da análise de títulos e a classificação dos candidatos.

 

Em seguida, há o prazo legal para recurso e a previsão é que o resultado final do concurso público seja divulgado até o dia 26 de outubro deste ano.

 

O edital de homologação será publicado até o dia 30 de outubro pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão.

Outra questão tratada durante a reunião foi a situação dos quadros de escolas.

 

Os representantes do sindicato solicitaram informações sobre este tema e apresentaram algumas dúvidas em relação à resolução 2018/2012, de 06 de janeiro de 2012.

 

O documento estabelece as normas para a organização do quadro de pessoal nas escolas estaduais e o processo de designação.

De acordo com os representantes do Governo de Minas, a organização e regulamentação (via resolução) dos quadros de escola estão diretamente relacionadas à implementação da um terço da jornada de trabalho dos professores para atividades extraclasse.

 

Atualmente, em Minas Gerais, um quarto da jornada já é dedicada às atividades extraclasse e a expectativa, segundo os representantes do Governo de Minas, é que a implementação do um terço comece a partir do segundo semestre deste ano.