Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Política

07/03/2012 - 10:29 - Fonte: Hoje em Dia

Morre o ex-deputado Kemil Kumaira

Formado em Direito pela UFMG, Kumaira era natural de Teófilo Otoni, onde iniciou sua carreira política como vereador, em 1972.

Morreu, no início da noite desta terça-feira (6), em Belo Horizonte, o ex-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Kemil Kumaira, vítima de câncer. O ex-deputado tinha 71 anos, era casado com Maria Celeste Miglio Kumaira e deixa duas filhas, Cristiana e Cláudia, e quatro netos.


Seu corpo será velado no Salão Nobre da Assembleia nesta quarta-feira (7), das 9 às 13 horas, e seguirá depois para Teófilo Otoni, onde será sepultado na quinta-feira (8) pela manhã.

Kumaira ocupou o mais alto cargo da ALMG na 11ª Legislatura, no biênio 1989-1991, período em que presidiu a Assembleia Constituinte e a solenidade de promulgação da Constituição Estadual de 1989.

Em 2009, nas comemorações dos 20 anos da Carta Magna do Estado, relembrou, em entrevista à TV Assembleia, aquele momento, marco na redemocratização do País: “Nós convocamos o povo mineiro para vir até a Assembleia e dizer o que ele pensa, o que ele quer, o que ele pretende”. Minas Gerais foi o primeiro estado a promulgar sua Constituição democrática, menos de um ano após o Congresso Nacional fazer o mesmo em âmbito federal.

Kemil Kumaira, formado em Direito pela UFMG, era natural de Teófilo Otoni, onde iniciou sua carreira política como vereador, em 1972. Elegeu-se para a Assembleia em 1974, e assim sucessivamente até 1994, sendo deputado por seis legislaturas consecutivas (da 8ª à 13ª, entre 1975 e 1999), assumindo novamente como deputado em janeiro de 2001, em sua 14ª legislatura.

Atuou como assessor especial do governador Aécio Neves em sua primeira gestão e, no segundo governo Aécio, foi assessor de Relações Institucionais da Copasa, cargo que exerceu até recentemente.