Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

07/07/2015 - 17:12 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Homem que matou esposa que negou esquentar o jantar é preso em Araçuai

Ele estava com prisão decretada pelo juiz da Comarca

Foto: Gazeta de Araçuai Homem que matou esposa que negou esquentar o jantar é preso em Araçuai
O mototaxista foi levado durante a tarde para o presídio de Araçuai (foto)

 

Foi preso em Araçuai, no Vale do Jequitinhonha, nesta terça-feira, (7) o mototaxista  Evandro Lopes da Cruz, de 42 anos. Ele estava com prisão decretada pelo juiz da Comarca após matar a tiros a esposa Zilda Ferreira da Cruz, 36 anos,  na frente dos filhos de 14 e 9 anos, na noite de quarta-feira (01/07).

 

O mototaxista foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil onde foi ouvido e em seguida levado para o presídio da cidade onde vai dividir cela com presos comuns.

 

O filho de 14 anos contou que o pai, chegou em casa e pediu que a mulher esquentasse  o jantar para ele,  mas ela se recusou dizendo que já estava deitada.  Indignado,  ele ameaçou matá-la.  A mulher respondeu que não se importaria, pois ela já estava morta de tanto sofrimento.

 

Diante da recusa, o homem armou-se de um revólver e disparou quatro tiros contra a mulher, sendo um na cabeça, outro na axila, um terceiro no braço e o último na região do quadril. Em seguida ele fugiu em uma picape Strada,

O adolescente contou que os pais viviam um relacionamento conturbado e que a mãe dele estava separada do pai. Ela retornou para casa no dia do crime, após ficar em casa de parentes para fugir das agressões do marido.

 

O garoto  contou que a mãe  não saía para canto nenhum. Ela chegou a ir embora para Belo Horizonte,  mas ele (o marido) fez de tudo para ela voltar e ela voltou, informou o menino.

 

Caso condenado, Evandro Lopes da Cruz poderá pegar de 12 a 30 anos de prisão.

 

Gazeta de Araçuai