Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

21/11/2015 - 13:17 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Onda de assaltos desafia segurança pública em Araçuai

Na tarde de sexta-feira, (20) uma mercearia e um posto do Caixa Aqui sofreram ataques em plena luz do dia. Na madrugada deste sábado (21), o tradicional restaurante Vila Kiau também foi alvo de bandidos. Ninguém foi preso.

Foto: Gazeta de Araçuai Onda de assaltos desafia segurança pública em Araçuai
O Caixa Aqui assaltado, está localizado em frente à agência da Caixa Federal na avenida Nuno Melo

 

Nas últimas 24 horas, foram registrados em Araçuai, no Vale do Jequitinhonha  três  assaltos violentos.

 

 

Por volta das 15h30m de sexta-feira (20), dois homens armados,  montados em uma moto escura, invadiram uma mercearia, no bairro Vila Magnólia e anunciaram o assalto.

 

 

No momento do crime, apenas a esposa do proprietário estava no estabelecimento.

 

Eles fugiram levando cerca de R$ 40 reais.

 

 

Minutos depois, um posto do Caixa Aqui, que presta serviços para a Caixa Econômica Federal foi assaltado, também;  por dois homens montados em uma moto e utilizando capacete. Eles  anunciaram o assalto e levaram pelo menos R$ 2 mil do caixa.

 

O posto funciona em frente à agência da Caixa Federal, na Avenida Nuno Melo, onde funcionam outras agências bancárias.

 

A Polícia recolheu as imagens das câmeras de circuito interno, na tentativa de identificar os criminosos.

 

Por volta de 5 horas da manhã deste sábado (21) quatro elementos armados,  usando capacetes, invadiram o restaurante Vila Kiau, na praça do Fórum e anunciaram um assalto, no momento em que os funcionários e proprietários, fechavam o estabelecimento.

 

Os bandidos levaram R$ 3.500 reais do caixa e R$ 500 reais de um dos garçons. Uma vítima foi agredida com coronhadas de revólver.

 

Segundo a  Polícia Militar, as câmeras de segurança não estavam funcionando o que pode dificultar a identificação dos autores.

 

 

Na duas últimas semanas, foram registrados assaltos com requintes de violência no distrito de Itira e na Comunidade do Gravatá.

Até o momento, ninguém foi preso.

 

 

 

O que mete medo é que não existem horários para acontecer os ataques que são todos feitos do mesmo modo: Em motos com, no mínimo dois bandidos armados, que anunciam o assalto, saqueiam  as casas ou os estabelecimentos e fogem sem serem perseguidos.

 

 

As motos usadas são de cores e modelos variados. Os criminosos são na maioria das vezes, jovens.

 

 

O modelo de operação dos  bandidos  é o mesmo: Eles aproveitam a ausência da Policia Militar em trechos da cidade e assaltam.

 

 

Em Araçuai, existem poucas  viaturas e um efetivo reduzido de policiais  para cobrir toda a cidade e seus povoados.

 

 

 Outro ponto que se deve citar é a dificuldade também vivida pela policia civil local, onde a delegacia não funciona à noite e nem em finais de semana por falta de efetivo. A cidade conta apenas  com um delegado.

 

 

 

Outra situação revoltante é o fato de que , quando ocorre prisões em flagrante, à noite ou nos finais de semana, os envolvidos são levados para a Delegacia Regional de Pedra Azul, a 130 km  de Araçuai.

 

 

Esta situação já foi denunciada em audiência pública realizada na cidade pela Assembléia Legislativa, após protestos da população que clama por mais segurança.

 

 

 Estes casos acabam  dificultando as investigações e obrigando a Policia Militar a deixar a cidade sem segurança e deslocar viaturas de serviço para apresentar presos em outra cidade.

 

 

Reuniões com as autoridades locais e do Governo do Estado já foram realizadas, pedindo providências para melhorar a segurança da cidade.

 

 

 Enquanto isso não acontece, a população segue em clima de apreensão, medo e insegurança, sem saber o que fazer para se proteger dos ataques de criminosos.

 

 

Sérgio Vasconcelos

Repórter