Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Política

31/07/2016 - 17:03 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Começa a corrida pela prefeitura de Araçuai

Município deverá contar este ano com três postulantes a prefeito.

Foto: Gazeta de Araçuai Começa a corrida pela prefeitura de Araçuai
Araçuai possui cerca de 28 mil eleitores.

 

Está aberta a temporada de lançamento de candidaturas à Prefeitura de Araçuai, no Vale do Jequitinhonha. O pontapé inicial  pela disputa, foi dado neste domingo, 31 de julho, com a convenção  do Partido dos Trabalhadores (PT)que oficializou a candidatura do atual prefeito Armando Paixão, 52 anos,  que tenta a reeleição ao lado da vice-prefeita, Rita Capdeville (PSL). Ambos são médicos.

 

 

A  chapa do PT conta com a  adesão do PPS, PC do B e PSL, que realizaram suas convenções  também neste domingo, no mesmo local, plenário da Câmara de Vereadores. Juntos,  a frente partidária lançará 39 candidatos a vereador.

 

Críticas

 

Presidentes de partidos que compõem a frente partidária que apóia o PT teceram duras críticas ao ex-prefeito e provável candidato do PMDB,Aécio Jardim.

A convenção do PT e partidos aliados recebeu  diferentes lideranças políticas,  a exemplo dos ex-prefeitos do municipio, José Antonio Martins e Maria do Carmo Silva,  o deputado estadual Jean Freire e representantes de movimentos sociais.

 

Nos discursos, o ex-prefeito, Aécio Jardim, provável candidato do PMDB,  foi alvo de duras críticas dos presidentes dos partidos que compõem a coligação .

 

 

“Ele levou Araçuai ao retrocesso, principalmente no tocante às políticas públicas na área de Educação e Saúde”, alfinetou Geraldo Magela Sousa, presidente do PC do B.

 

“ O orçamento de Araçuai é um dos maiores do Vale do Jequitinhonha e não pode ser entregue a qualquer pessoa. Se os bons se afastam da política, os corruptos assumem”, disse Aureliano Cocá, presidente do PPS.

 

“  É lamentável que a Justiça permita que alguém que responde a 37 processos na Justiça, seja candidato”, afirmou Tiãozinho da Cemig, presidente do PT.

 

O presidente do PMDB, Geraldo Pereira,  e o provável candidato do partido, Aécio Jardim, não foram localizados para comentar as críticas.

 

Balanço

 

 

A dupla de médicos, Armando Paixão e Rita Capdeville repete a chapa de 2012 para concorrer à reeleição.

 

Ao falar à reportagem, o prefeito Armando Paixão  lembrou das dificuldades enfrentadas durante sua administração, com ênfase para a falta de recursos e a crise política nacional .No entanto, ele destacou avanços na saúde e educação como motivos que o levaram a ser candidato à reeleição.

 

Indagado se  as denúncias de corrupção que atingem em cheio  o PT , não respingaria em sua candidatura, o prefeito foi enfático. “ O PT daqui é diferente. É o PT   tradicional, da caminhada,da lisura e da honestidade”,  afirmou Paixão.

 

Ele disse ainda que,  caso seja reeleito, sua primeira medida será a recomposição de forças que agora o apoiam, incluindo a  mudança no secretariado.

 

O prefeito afirmou que o maior desafio a ser enfrentado, caso reeleito,  diz respeito à infraestrutura da cidade. “ Os loteamentos dos novos bairros foram aprovados sem nenhuma estrutura. Faltam esgoto e calçamento. Precisamos embelezar a cidade”, disse ele.

 

 Em sua fala aos militantes, com voz embargada , Armando Paixão fez balanço dos 4 anos de sua gestão e  disse  que está disposto a oferecer a melhor contribuição possível para Araçuai. “ Não coloco meu nome na disputa para me enriquecer, mas, para cuidar de vocês”, disse o prefeito, convocando a militância a sair às ruas e buscar votos.

 

O deputado estadual Jean Freire (PT) também discursou. Ele afirmou que não estava ali pelo prefeito ou pela vice-prefeita, mas, por Araçuai. Ele reconheceu que um partido é como o ser humano, capaz de cometer erros. “ Temos de pedir perdão ao eleitor, aos filiados e militantes pelos nossos erros. Erramos muito”, reconheceu o deputado ao tratar dos escândalos de corrupção envolvendo o partido.

 

Ao final da convenção, os  presentes entoaram o refrão " Fora Temer".

 

Jogo de Xadrez

 

Pelo cenário apresentado até agora, o município deverá contar com mais duas candidaturas em oposição ao PT, diferentemente da última eleição em 2012, marcada pela polarização entre PT  e o PDT, partido do então prefeito Aécio Jardim, agora candidato  do PMDB,  e   que acabou perdendo  a disputa por pouco mais de 300 votos, para o atual prefeito.

 

Diga ao povo que sou...

 

 

Após desistir da disputa, ex-prefeito Aécio Jardim, volta atrás e assume candidatura.

 

 

De olho na cadeira que ocupou de 2008 a 2012, o ex-prefeito  e médico, Aécio Jardim,agora no PMDB, participa da convenção do partido no dia 5 de agosto.  O vice deverá ser seu antigo companheiro de chapa, o ex-vereador Leonardo Oliveira.

 

O ex-prefeito chegou a divulgar pelas redes sociais que não seria candidato, após acordo com o PV ( Partido Verde), que indicou o empresário Mozart Cattoni como seu vice. “ Tô fora”, postou Jardim, sem explicar sua decisão.

 

 

Dias depois, ele voltou atrás e reconheceu  ser pré-candidato. Em um vídeo que circula através do What Zap, ele aparece, de chapéu, em cima de uma caminhonete, discursando para apoiadores,na porta da casa do pai dele, no bairro Alto do Mercado.  “ Estou muito emocionado ( se referindo ao público)... se tiver união, principalmente dos vereadores,  e se todos os partidos se unirem em busca disso..garanto a vocês que sou pré-candidato, junto somente com Leonardo”, afirmou.

 

Na última eleição o ex-prefeito obteve 8.820 votos e o atual prefeito, 9.197 votos.

 

Vereadores  migram para outros partidos

 

 

 

Natural de Capelinha, Tadeu Oliveira é candidato da terceira via.

 

 

Como dizia o ex-governador  de Minas, Magalhães Pinto,  política muda como as nuvens.

 

As últimas movimentações políticas em torno das coligações rumo à prefeitura de Araçuai, trouxeram surpresas. O PRB vai apoiar a candidatura de Tadeu B. Oliveira,(PSD)   de Capelinha, que  chegou à Araçuai como funcionário da Cemig .  Estreante na politica, é o  candidato  da terceira via que arrasta para seu ninho, cinco vereadores, entre eles, o vice da chapa, Itamar Matos, do PSDB.  O PRB  leva com ele,   quatro  vereadores. “ Desses cinco , apenas um, o atual presidente da Câmara, não apoiou a candidatura Aécio Jardim. Se antes os ventos sopravam a favor do ex-prefeito,  já que uma terceira via favorecia sua candidatura, agora esses ventos mudaram. Não temos favoritos. A disputa será voto a voto. O PT também perdeu apoios importantes, que  migraram para a terceira via , mas o ex-prefeito  Aécio Jardim, também amarga a mesma situação. Ele perdeu apoios consideráveis. Pela tabela, apenas dois dos atuais 11 vereadores, podem fechar questão em torno da candidatura dele.  Cinco estão com o PSD e os outros 4 com o PT. O grande problema da terceira via, é a falta de carisma e identificação com o eleitor ”, diz um analista da política local.

 

 

Quem se eleger, será o 22º prefeito do município que tem cerca de 28 mil eleitores, população em torno de 38 mil habitantes, um orçamento mensal próximo a R$ 1,5 mil de Fundo de Participação de Municípios (FPM) e problemas na área de segurança, saneamento básico, transporte viário e infraestrutura urbana.

 

 

As convenções estão sendo realizadas no prédio da Câmara Municipal

 

Confira as datas das convenções partidárias  

 

 

Dia 2 de agosto- PSDB, PSD, PRTB e PTB

 

Dia 3 de agosto- PRB

Dia 5 de agosto- PDT, PMDB, PV e PT do B

 

Gazeta de Araçuai