Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Turismo

08/05/2017 - 12:51 - Fonte: Agência Minas

Governo quer integrar Circuitos Turísticos do Vale do Jequitinhonha.

O Vale do Jequitinhonha possui 4 Circuitos Turísticos: Circuito Turístico do Jequitinhonha (municípios do Baixo e Médio Jequitinhonha); Circuito do Lago de Irapé (7 municípios em torno do Lago de Irapé); Das Pedras Preciosas (alguns municípios do Alto Jequitinhonha e do Mucuri); e dos Diamantes ( Diamantina e municípios do Alto Jequitinhonha).

Foto: arquivo Governo quer integrar Circuitos Turísticos do Vale do Jequitinhonha.
Minas Novas está inserida no Circuito Turístico das Pedras Preciosas
O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), trabalha para impulsionar os 45 circuitos turísticos certificados, estimular os municípios de todas as regiões, e movimentar toda a cadeia do turismo.
 
Para isso, reuniões técnicas de alinhamento têm sido realizadas nas próprias regiões dos circuitos e também na Cidade Administrativa para os circuitos que estão mais próximos geograficamente da capital mineira. 
 
 
 
 
Integração de Circuitos do Vale
 
O Vale do Jequitinhonha possui 4 Circuitos Turísticos: Circuito Turístico do Jequitinhonha (municípios do Baixo e Médio Jequitinhonha); Circuito do Lago de Irapé (7 municípios em torno do Lago de Irapé); Das Pedras Preciosas (alguns municípios do Alto Jequitinhonha e do Mucuri);  e dos Diamantes ( Diamantina e municípios do Alto Jequitinhonha).
 
Eles precisam se integrar para colocar em prática ações turísticas na região. Os trabalhos tem sido muito isolados.
Parque Estadual é uma de suas principais atrações de São Gonçalo do Rio Preto
 
 
 
 
Acima, Parque Estadual do Rio Preto, que é uma unidade de conservação. Localizado em São Gonçalo do Rio Preto, ele abriga diversas nascentes, dentre as quais se destaca a do rio Preto, um dos mais importantes afluentes do rio Araçuaí, por sua vez afluente do Rio Jequitinhonha. Os recursos hídricos privilegiados favorecem a formação de cachoeiras, piscinas naturais, corredeiras, sumidouros, canion e praias fluviais com areias brancas.

 

Entre os atrativos turísticos, destacam-se as cachoeiras do Crioulo e da Sempre Viva, as pinturas rupestres e os mirantes naturais que permitem aos visitantes observar toda a área da Unidade e do entorno.

 
 
Circuito Turístico dos Diamantes: Alvorada de Minas, Carbonita, Couto Magalhães de Minas, Datas, Diamantina, Felício dos Santos, Gouveia, Monjolos, Presidente Kubitschek, Rio Vermelho. São Gonçalo do Rio Preto, Santo Antônio do Itambé, Senador Modestino Gonçalves e Serro.
 
 
 
Pousada Canto das Águas, em São Gonçalo do Rio Preto, oferece conforto e comodidade ao turista.
 
Circuito Turístico das Pedras Preciosas: Angelândia,  Capelinha, Francisco Badaró, Itamarandiba, Jenipapo de Minas, Minas Novas, Novo Cruzeiro e Padre Paraíso, no Vale do Jequitinhonha, e outros municípios do Mucuri como Teófilo Otoni e Nanuque.
 
 
Hotel Lago de Irapé, às margens da Barragem de Irapé, em Leme do Prado, tem boa estrutura mas pouco conhecido dos turistas.
 
 
Circuito Turístico do Lago do Irapé: Berilo, Botumirim, Chapada do Norte, Cristália, Curral de Dentro, Fruta de Leite, Grão Mogol e Leme do Prado.
 
Na foto acima, Hotel Lago de Irapé, voltado para o turismo ecológico,  às margens do lago da Hidrelétrica de Irapé, em Leme do Prado. O local tem boa estrutura mas é pouco divulgado e desconhecido dos turistas. " Além disso,faltam atividades recreativas durante à noite, para o turista", diz a empresária e turismóloga Sueli Jardim, de Araçuai, que visitou o hotel recentemente.
 
 
Circuito Turístico do Jequitinhonha: Comercinho, Jequitinhonha, Jordânia, Pedra Azul e Rubim.
 
Circuito Turístico da Cachaça ( em construção) - Coronel Murta, Fruta de Leite, Indaiabira, Novorizonte, Rubelita, Salinas e Taiobeiras. 
 
 
Boa parte dos municípios, cerca de 450, está inserida nos circuitos e tem algo que pode ser mostrado e explorado. Entretanto, nem sempre o turista recebe as informações necessárias e outras vezes falta infraestrutura para receber o visitante.
 
 
 
Fatores dessa natureza impedem o desenvolvimento da economia de muitos lugares.O apoio aos circuitos tem importantes razões. Minas Gerais é um dos estados com maior potencial turístico do Brasil por possuir atrativos que passam pela história, religiosidade, gastronomia, artesanato, montanhas, cachoeiras, lagos, entre outros. A hospitalidade também é algo que o visitante sempre coloca como diferencial ao visitar qualquer região mineira. 
 
Nas reuniões técnicas já promovidas pela Setur nos últimos meses, com 13 circuitos turísticos, foi possível ouvir as regiões que apresentaram demandas específicas.
 
Agência Minas com Gazeta de Araçuai