Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Política

15/05/2017 - 10:46 - Fonte: Ascom/Neilando Pimenta

Marcha dos prefeitos conta com presença de gestores dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

O encontro dos prefeitos se estende até quinta-feira, dia 18 de maio.

Foto: divulgação Marcha dos prefeitos conta com presença de gestores dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Marcha já está em sua 20º edição.

 

Prefeitos de todo o país desembarcaram, nesta semana, em Brasília para um encontro com o presidente Michel Temer (PMDB). A pauta municipalista da 20º Marcha dos Prefeitos é o “encontro de contas” entre o governo federal e os municípios com a discussão das reformas da Previdência, tributária e política. A liberação de recursos financeiros para as prefeituras, conforme as regras estabelecidas no pacto federativo e a redução do custeio das máquinas públicas são os pontos altos do encontro.

 

Em todo o país, são 5.570 municípios. O encontro dos prefeitos se estende até quinta-feira, dia 18 de maio.

 

 

Em Minas Gerais, o movimento conta com a participação do novo presidente da Associação Mineira dos Municípios (AMM) e prefeito de Moema, Julvan Lacerda (PMDB). Eles pretendem discutir também a renegociação da dívida do estado com a União, que passa pelo ressarcimento pelas perdas com a Lei Kandir. O pedido já foi encaminhado ao governo federal e é para zerar o débito mineiro, o que, na visão dos prefeitos, liberaria mais dinheiro para arcar com serviços nas cidades.

 

 

 

Deputado Neilando Pimenta com lideranças dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

 

Prefeitos do Jequitinhonha e Mucuri

 

De acordo com o deputado estadual Neilando Pimenta (PP), prefeitos dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri também viajaram para Brasília para participar do encontro. “Muitos  deles estiveram em nosso gabinete, em Belo Horizonte, na semana passada e disseram que nesta semana estariam na capital federal para pressionar a aprovação das reivindicações”, disse o deputado.

 

Na capital federal, os prefeitos mineiros também vão se reunir com a bancada com os deputados federais. O principal tema é o que obriga o governo federal a indicar a fonte de recursos sempre que criar alguma nova obrigação para os municípios e pela derrubada do veto do presidente Temer ao projeto que mudava a regulamentação do ISS sobre operações de cartão de crédito. A dívida previdenciária dos municípios com a União é outro assunto que está tirando o sono dos prefeitos. Eles defendem a revisão da dívida sob alegação de que, na maioria dos casos, é uma dívida impagável.

 

Encontro

 

Lideranças políticas dos Vales do Mucuri e do Jequitinhonha aproveitaram a oportunidade do encontro de prefeitos realizado pela Associação Mineira dos Municípios-  AMM  para visitar o gabinete parlamentar do deputado Neilando Pimenta (PP). Entre eles, os prefeitos de Dom Cavati, Juninho da Saúde; de Fronteira dos Vales, Leo Medeiros; Divisa Alegre, Marcelo Olegário; Comercinho, Gilmar Ornelas; Campanário, Marcondes Gadelha; de Poté, Gildésio Sampaio, o Nego; Águas Formosas, Dr. Alfeu Amador; Ouro Verde de Minas; Mazim de Livânia; Frei Gaspar, Lauro Franco; de Itaipé, Alesxander Rodrigues, o Sandão; Machacalis, Mauro Roberto; Chapada do Norte, Diego Eustáquio, Minas Novas, Aécio Guedes; de José Gonçalves de Minas, Aécio Rodrigues; e de Franciscópolis, Eduir Camargos, o Duíca, além de vereadores e outras lideranças políticas.