Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

05/11/2017 - 11:31 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Homem é esmagado por carreta em Araçuai

Segundo testemunhas, ele dormia debaixo do veículo.

Foto: divulgação Homem é esmagado por carreta em Araçuai
Carreta estava carregada de arroz

 

 

Uma carreta carregada com sacos de arroz, esmagou o desempregado , José Antonio Alves de Matos, na noite desta sábado (4) em Araçuai, no Vale do Jequitinhonha (MG). Ele morreu no local.

 

Após o ocorrido, o motorista do veículo, Márcio de Matos, de 33 anos, natural de Santa Catarina, deixou o local por medo da reação de populares.

 

Ele foi localizado em seguida pela Polícia Militar, em uma rua do Bairro Jardim Nazaré, próximo ao aeroporto, na saída da cidade.

 

O homem era conhecido como Roberto Carlos

 

Entenda

O motorista contou que por volta das 22 horas,estava jantando em um restaurante, próximo a um Posto de Combustíveis da avenida Bom Jesus, e ao deixar o local,  não percebeu que havia um homem debaixo da carreta. Ele contou que ainda ficou por pelo menos  20 minutos enchendo os balões de ar dos freios do veículo e não viu ninguém  embaixo do carro.

 

De acordo com testemunhas, o homem foi avisado do acidente, depois que já estava fazendo o balão em um trevo a cerca de  300 metros do restaurante, para  seguir viagem através da BR-367, sentin do Araçuai- Itaobim.  Ele disse ainda à polícia que não retornoupor medo de agressões de populares que se aglomeraram no local do acidente.

 

A perícia técnica de Pedra Azul, compareceu no endereço no início da madrugada deste domingo (5). O c orpo foi encaminhado para o IML de Teóifilo Otoni. Não há informações sobre o sepultamento.

 

De acordo com amigos, a vítima morava com a mãe e fazia uso de bebidas alcoolicas. " Era uma pessoa que não incomodava ninguém. De vez em quando fazia serviços de roça. É lamentável que tenha morrido desta forma", destacou os que o conheciam.

 

Sérgio Vasconcelos

Repórter