Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Política

01/03/2018 - 11:42 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Candidato ao governo de Minas, deputado Rodrigo Pacheco desembarca em Araçuai

Ele estará acompanhado do jovem empresário Igor Timo, pré- candidato a deputado federal.

Foto: arquivo Candidato ao governo de Minas, deputado Rodrigo Pacheco desembarca em Araçuai
Deputado Federal Rodrigo Pacheco ainda não decidiu o partido pelo qual deverá disputar o governo de Minas

 

O deputado federal Rodrigo Pacheco (MDB-MG), desembarca neste domingo, 4 de março, em Araçuai, no Vale do Jequitinhonha. Advogado criminalista e presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, ele estará ao lado do empresário Igor Timo, conversando com lideranças políticas, empresariais,  e representantes de entidades sociais e comunitárias da região, a partir das 18 horas, no espaço UAIT.

 

Igor Timo com o pai Tarcisio Timo- filhos do Vale do Jequitinhonha.

 

 

O empresário Igor Timo, 35 anos, é um forte nome como pré-candidato a deputado federal, para representar o Vale do Jequitinhonha e toda Minas Gerais em Brasília. Natural de Virgem da Lapa, ele é diretor da TBI- Empresa ligada ao ramo de segurança.

 

 

Com relação ao deputado Rodrigo Pacheco, não é mais segredo para ninguém que ele é, pré-candidato ao governo do Estado, e já foi oficialmente convidado pelo Democratas (DEM) para disputar o cargo de governador. E não só pelo DEM. Após disputar a Prefeitura de Belo Horizonte  em 2016 e presidir a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, Pacheco ganhou notoriedade e vem se firmando como um dos principais adversários do governador Fernando Pimentel (PT) em 2018.

 



Para migrar para o DEM, o emedebista só está aguardando a posição de seu partido, o MDB que hoje, é o principal aliado do PT no Estado. “Recebi sim, o convite do DEM, pelo que fiquei honrado. Porém, é preciso aguardar as coisas acontecerem, inclusive quanto ao posicionamento do MDB em Minas. Eu defendo a candidatura própria”, afirmou Pacheco.

 

 

 Também quer a candidatura própria de Rodrigo Pacheco o presidente estadual do MDB, Antônio Andrade, que é vice-governador de Minas.

 

Essa decisão, porém, encontra resistência entre parte dos deputados da legenda, que defende a continuidade da coligação com o PT para facilitar a reeleição no ano que vem, fato que provocou um grande racha interno.

 

“Como a posição do MDB só será definida antes da janela partidária – período em que será permitida a troca de partido –, é praticamente nula a chance de Rodrigo Pacheco ser o candidato do MDB”, disse uma fonte do partido.

 

 

 

Gazeta de Araçuai