Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Política

08/03/2018 - 11:07 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Servidores da prefeitura de Araçuai protestam por melhores condições de trabalho

Eles prometem greve geral a partir do dia 21 de março.

Foto: Gazeta de Araçuai Servidores da prefeitura de Araçuai protestam por melhores condições de trabalho
Com faixas, cartazes e apitos, servidores realizaram caminhada de protesto pelas ruas da cidade.

 

 

Servidores da administração  municipal de Araçuai, no Vale do Jequitinhonha (MG) protestaram nesta quinta-feira (8) contra o sucateamento das carreiras, o atraso constante no pagamento dos salários do funcionalismo e as condições precárias de trabalho da categoria.  Com faixas, cartazes, apitaços e  alguns  usando nariz de palhaço, cerca de 150 servidores fizeram durante a manhã, uma caminhada pelas principais ruas do centro da cidade para cobrar do prefeito Armando Paixão (PT) melhores condições de trabalho e cumprimento do Plano de Cargos, Carreiras  e Vencimentos. A caminhada teve início na praça do Mercado, passou em frente ao prédio da prefeitura e foi encerrada na praça do Fórum. 

 

Caminhada foi encerrada na praça do Fórum.

 

 

A presidente do Sindicato dos Servidores Municipais  de Araçuai,(Sispuma), Maria da Conceição Prates, afirmou que o ato desta quinta-feira, é o prenúncio da greve que a categoria deverá iniciar a partir do dia 21 de março. “ Estamos vivendo com péssimas condições de trabalho, com equipamentos sucateados, atraso de pagamento dos salários e a falta de diálogo com a administração.Não podemos mais continuar nesta situação”, afirmou a sindicalista.

 

“Há 9 anos que estamos fazendo nossas reivindicações e não estamos sendo ouvidos nem respeitados. O prefeito sequer nos recebe.Queremos ser respeitados como servidores, queremos garantias de direitos, muitos deles foram até retirados”, disse Maria da Conceição.

 

“Acabou nossa paciência .Estamos cheios de promessas que não se cumprem. Temos prazos e temos serviços que devem ser prestados à população. Portanto, vamos protestar contra o  sucateamento da administração”, disse um servidor do setor da Educação. Ele garantiu que todas as categorias que integram a administração  municipal estão insatisfeitas e estão unidas para definir  estratégias para a greve . “ Não vamos publicizar por questões estratégicas, mas vamos colocá-las em prática e o governo vai entender”, afirmou o servidor que pediu para não ser identificado por temer represálias.

 

' Atualmente não sabemos nem  o dia  certo do nosso pagamento. O de janeiro,  por exemplo, foi pago no dia 24. Os atrasos estão constantes", denunciam os servidores.

 

Além das péssimas condições de trabalho, servidores denunciam atraso no pagamento dos salários.

 

 

 

Ameaça de paralisação

 

A Presidente do SISPUMA  avisou que haverá uma concentração dos servidores no dia 15 de março  para traçar estratégias para a greve.

 

“Vamos cobrar do  prefeito o pagamento dos salários no quinto dia útil, e o cumprimento de direitos adquiridos que os servidores perderam”, afirmou Conceição.

 “Vamos preparar essa mobilização para cobrar do prefeito aquilo que ele tem obrigação de cumprir. Se não formos para a rua, o governo municipal vai continuar calado, de braços cruzados.Quem luta educa”, concluiu um grupo de servidores.

 

 

Ainda não há informações sobre quais serviços serão completamente afetados pela paralisação, mas, segundo o sindicato, servidores efetivos de todas as secretarias poderão aderir ao movimento.

 

Servidores cobram Plano de Carreiras

 

 

De acordo com a presidente do SISPUMA, a prefeitura de Araçuai possui cerca de 1.100 funcionários. Destes, 500 são efetvos.A prefeitura virou cabide de emprego. Está lotada de funcionários sem concurso- denunciam os servidores.

 

 

Através de email, solicitamos um posicionamento da prefeitura, que não se manifestou sobre o assunto.

 

 

Sérgio Vasconcelos

Repórter