Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Saúde

13/08/2012 - 19:28 - Fonte: Agência Minas

Saúde promove treinamento voltado para fiscais sanitários de Pedra Azul

Na regional de Pedra Azul, 100% dos municípios aderiram ao projeto de fortalecimento de Vigilância em Saúde, sendo que 23 aderiram ao elenco 1 e dois municípios aderiram ao elenco 2.

Foto: Allan Campos Saúde promove treinamento voltado para fiscais sanitários de Pedra Azul
Fiscais sanitários durante participação no treinamento sobre Vigilância em Saúde realizado em Pedra Azul

A Gerência Regional de Saúde de Pedra Azul, no Vale do Jequitinhonha, realizou, na segunda-feira (13), um treinamento em Vigilância em Saúde tendo em vista o projeto de fortalecimento das ações de Vigilância Sanitária na região.

 

O objetivo foi orientar os fiscais sanitários municipais com relação ao conjunto de ações do projeto, que foi subdividido em três grupos de acordo com o grau de complexidade: o elenco 1 possui uma quantidade menor de ações a serem executadas e o elenco 3 possui uma maior complexidade.

 

Os três grupos envolvem ações de Vigilância Sanitária, Epidemiológica, Ambiental, Saúde do Trabalhador, Vigilância da Situação de Saúde e Promoção da Saúde.

 

Os fiscais sanitários receberam orientações específicas sobre as ações da Vigilância Sanitária que têm de ser realizadas, a análise de desempenho, o método de cálculo, a fonte de dados consultada e as estratégias sugeridas para o alcance de cada ação.

 

Na regional de Pedra Azul, 100% dos municípios aderiram ao projeto de fortalecimento de Vigilância em Saúde, sendo que 23 aderiram ao elenco 1 e dois municípios aderiram ao elenco 2.

 

O coordenador de Vigilância Sanitária da GRS Pedra Azul, Fabian Antunes Pinto, disse que com a implantação da Vigilância em Saúde os municípios passarão a assumir mais responsabilidades. “A princípio, iremos incentivar o fortalecimento da Vigilância Sanitária municipal e descentralizar algumas ações. Mas iremos buscar oferecer aos fiscais municipais treinamentos para que possam se preparar para ter autonomia para executar todas as ações definidas nos elencos 1 e 2, de acordo com a pactuação realizada por cada município”, disse o coordenador.