Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Cidades

06/07/2018 - 07:47 - Fonte: G-1

Mãe e filho morrem soterrados durante desabamento de mina em Medina

Marido da mulher e outro filho do casal sobreviveram ao desabamento sem ferimentos graves; lavra de pedras fica em uma fazenda e havia sido desativada há algum tempo.

Foto: divulgação Mãe e filho morrem soterrados durante desabamento de mina em Medina
Entrada da mina onde ocorreu a tragédia

Uma família de quatro pessoas foi soterrada durante um desabamento de uma mina de pedras preciosas desativada na tarde desta quinta-feira (5) em Medina, no Vale do Jequitinhonha. Uma mulher de 40 anos e o filho dela, de 17, morreram no local. O marido da vítima e outro filho do casal, de 6 anos, salvaram-se sem sofrer ferimentos graves. Eles foram socorridos por terceiros e levados a um hospital de Medina.

 

 

O pai, de acordo com a Polícia Civil, foi atingido parcialmente pelos blocos de terra e conseguiu sair da mina de pedras sozinho. A criança não escapou do soterramento, mas foi socorrida sem nenhum ferimento graças a uma fresta que se abriu entre dois blocos grandes de terra. A PC informou que o menino foi retirado por terceiros, que cavaram na direção dele por conta de gritos de socorro.

 

A mãe e o filho adolescente, segundo a PC, morreram na hora; o Samu foi chamado e atestou o óbito dos dois. A polícia informou que a local do acidente é uma propriedade privada que fica na região do Córrego dos Cachorros. A fazenda tem algumas minas de pedra de pequeno porte. A suspeita é de que a família tenha entrado em busca de pedras preciosas para fazer lavra sem autorização do dono da fazenda. Como a mina de pedras preciosas que desabou não estava em funcionamento, a PC acredita que o local não precisará ser interditado por algum órgão ambiental.

 

 

De acordo com a Polícia Militar, é a primeira ocorrência de desabamento registrada na região. A casa da família  das vítimas do acidente fica próxima ao local, no Bairro da Saudade, em Medina. A PC acredita que o desabamento tenha ocorrido porque o casal começou a escavar a parte de baixo do barranco, até que a região de cima cedeu e caiu em cima da família.

 

 

 

Ainda de acordo com a polícia, há várias famílias que fazem lavra no local em busca de pedras preciosas. Não há empresa que gerencie a extração. A PC acredita que os moradores tinham acordo com o proprietário da fazenda de dividir porcentagem da venda de pedras preciosas, caso as encontrassem.

 

 

 

Um homem e uma criança foram atendidos no hospital da cidade e liberados.

 

 

O homem e a criança de seis anos foram levados ao Hospital Santa Rita. Eles foram medicados e tiveram alta ainda na tarde desta quinta.

 

 

Os corpos da mãe e do filho adolescente foram  encaminhados ao IML de Almenara após serem perciados. O sepultamento deverá ocorrer nesta sexta-feira(6).