Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

01/08/2018 - 09:36 - Fonte: EM

Criminosos atacam carro-forte em Grão-Mogol

Em uma ação ousada, a quadrilha atacou o veículo na BR-251 próximo a Grão Mogol, no Norte de Minas. Um vigilante ficou ferido e foi socorrido para um hospital. O estado de saúde dele não foi informado

Foto: divulgação Criminosos atacam carro-forte em Grão-Mogol
Ataque ocorreu na tarde desta terça-feira

A ação ousada de criminosos em um assalto a veículo de transporte de valores leva medo a cidades do Norte de Minas. O ataque ocorreu no meio da tarde, na BR-251, uma das mais importantes da região. O blindado seguia pela rodovia quando foi interceptado por dois carros. Homens desceram e colocaram explosivos no carro-forte, que explodiu. Tiros também foram disparados. Um vigilante ficou ferido e foi socorrido para um hospital. O estado de saúde dele não foi informado.

 

Uma megaoperação com militares de quatro municípios foi montada. Até o fechamento desta reportagem, ninguém havia sido preso.   

 

O ataque ocorreu por volta das 14h. De acordo com a Polícia Militar, o carro-forte seguia de Salinas para Montes Claros. Quando passava entre as localidades de Cancelas e Bocaina, em Grão Mogol, foi cercado por uma Hilux preta e uma Renault Duster, branca. A polícia ainda investiga como os criminosos abordaram o veículo para explodi-lo. Mas já sabem que enquanto colocavam os explosivos, os criminosos efetuaram diversos disparos, atingindo o vigilante, encaminhado para um hospital de Francisco Sá. 

  


O cerco foi montado logo depois de a ocorrência ter sido divulgada. Militares de Montes Claros, Francisco Sá, Grão Mogol e Salinas, e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) fizeram buscas durante toda a tarde e início da noite. Um helicóptero da PM auxiliou nas buscas pelos criminosos. A Renault Duster usada no crime foi encontrada incendiada na comunidade de Campo Alto, em Grão Mogol. Informações dão conta de que um caminhão-baú ajudou na fuga.