Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Política

02/09/2018 - 13:16 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Em Araçuai, Igor Timo critica velhas práticas políticas e defende renovação

Natural do Vale do Jequitinhonha ele é candidato a deputado federal pelo PODEMOS.

Foto: Gazeta de Araçuai Em Araçuai, Igor Timo critica velhas práticas políticas e defende renovação
Candidato criticou os velhos pactos políticos que travam o desenvolvimento regional.



Depois de uma maratona por diversos municípios do Vale do Jequitinhonha (MG) o empresário Igor Timo se reuniu com políticos, lideranças comunitárias e empresariais, na noite deste sábado (1) em Araçuai.  Filho do Vale do Jequitinhonha, (Virgem da Lapa) ele é postulante a uma vaga de deputado federal pelo PODEMOS, partido que tem como candidato a presidente o  senador Álvaro Dias.

 

,Em sua fala; Igor Timo  criticou os “velhos pactos políticos’ no Brasil,  e em especial no Vale do Jequitinhonha, o que segundo ele, dificulta o avanço da região. “ O povo do Vale precisa parar de ser tratado como complemento eleitoral de políticos de fora; que chegam em seus helicópteros e aviões e compram lideranças políticas; religiosas e comunitárias por migalhas. Depois, o que fica são as mazelas; a saúde na UTI, estradas esburacadas, educação precária; o desemprego. Voto não pode ser trocado por cestas básicas, por pequenos favores.  É preciso se libertar disso”, disse ele.

 

“ A nossa falta de representatividade nos deixa profundamente esquecidos há mais de 70 anos. Agora temos a oportunidade de ter um verdadeiro filho do Vale na Câmara Federal.

 

VALE PODE TER MAIS REPRESENTANTES

 

Encontro reuniu lideranças políticas e comunitárias.

 

Ele lembrou que são apurados pelo menos 500 mil votos no Vale do Jequitinhonha. “ Temos condições de ter 5 deputados federais e de 10 a 11 deputados estaduais. Só temos um”, observou. “ As regiões mais ricas são mais ativas politicamente e elegem representantes do lugar”, salientou o empresário.

 

O candidato declarou que os velhos pactos políticos já não servem para promover mudanças no país, e defendeu que o que o Brasil precisa é de renovação.”Precisa de prefeitos, vereadores, deputados, governadores e presidentes comprometidos com o povo. A mudança tem que começar em  nos”, afirmou. Ele disse ainda que  é preciso questionar as lideranças regionais quando elas apresentarem seus candidatos; e saber quais suas verdadeiras propostas. “ O desgaste da classe política é grande. Estão colhendo o que plantaram. Muitos fizeram da política um meio de vida. O país está insatisfeito. O povo não é bobo. É uma responsabilidade muito grande lidar com o sonho e a esperança das pessoas; principalmente no Vale do Jequitinhonha, uma região carente.

 

 Ele voltou a insistir, que é possível o governo " fazer muito mais pelo Vale do Jequitinhonha.
O  empresário afirmou que vai continuar discutindo a região, que enxerga sob perspectiva muito otimista, apesar das dificuldades econômicas:

 

“ Temos a maior reserva de lítio do mundo,  uma diversidade grande de riquezas minerais, a barragem de Irapé. A região pode se transformar em um grande centro produtor de energia. É preciso gerar empregos e oportunidades a partir disso”




O candidato citou as desigualdades  e as deficiências que ainda existem e são muitas na vida do povo do Vale do Jequitinhonha “Ainda existem pais e mães de família que chegam em casa, destampam as latas de guardar mantimentos e não encontram nada”, destacou o empresário.

 

“Nosso projeto é de mudança, de manter  um olhar mais fraterno para quem precisa e quero que todos façam parte dessa mudança. Quero uma oportunidade. Vamos fazer completamente diferente do que tem sido feito até hoje no Vale.

 

Questionado sobre como enfrentar a seca da região, Igor Timo afirmou que o grande desafio é cuidar das nascentes dos rios Araçuai e Jequitinhonha e desenvolver campanhas de educação ambiental. Sobre o dilema dos usuários do sistema de saúde que precisam sair de suas cidades para tratamento na capital ele garantiu que se eleito vai se reunir com os prefeitos para discutir a construção de um centro de Saúde e de Acolhimento em BH. “ Vamos usar para isso as emendas parlamentares”, garantiu.

 

 

Gazeta de Araçuai