Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

27/09/2018 - 16:50 - Fonte: Gazeta de Araçuai

É falsa a notícia sobre roubo em Almenara de veículo com bebê

A notícia com o mesmo texto circula em outros estados e viraliza nas redes sociais.

Foto: arquivo É falsa a notícia sobre roubo em Almenara de veículo com bebê
Não existem na cidade de Almenara nem professora nem Detran na rua mencionada na mensagem que circula nas redes sociais.

 

Desde a manhã desta quinta-feira  (27), usuários do aplicativo de mensagens WhatsApp voltaram a receber informações sobre um suposto roubo de  veículo em Almenara, no Vale do Jequitinhonha (MG) onde, dentro do carro, teria um bebê de apenas dois meses de idade. A mensagem circula em vários grupos e já rendeu várias denúncias.

 

De acordo com a Polícia Militar de Almenara,a mensagem não passa de um boato e que a mesma já circula nas redes sociais desde o ano passado não só em Almenara mas por todo o país.

 

Confira a íntegra do texto:

 

 

Mensagem falsa se espalhou por vários estados brasileiros.

 

“Urgente. Roubaram um carro com um bebê dentro. O Filho da professora Silvana Zaniolo pede ajuda de todos. Ajudem a divulgar: Roubaram agora na José Bonifácio. Rua do Detran. Um Uno 2006 prata, placa: GZB8905.

 

Se identificar o carro, favor ligar no 98852-8589.   O dono esta louco pois levaram o carro com a bebê dele dentro. Repasse rápido, por favor é sério. Repassa quem puder, estou Repassando de outro grupo… e vamos orar tbm pra que nada aconteça a essa criança, o Bebê tem só 2 meses! Por favor, ñ custa nada ajudar.”

 

ATENÇÃO

 

O Jornal Gazeta alerta os internautas a sempre ler esse tipo de "notícia", com calma e senso para só então divulgar para outras pessoas e grupos.

 

No caso de Almenara , por exemplo, o texto diz que o roubo teria acontecido na rua José Bonifácio, próximo ao Detran. " Quem é de Almenara , pode rapidamente descartar a mensagem por saber que não existe posto do Detran na rua citada”, informa o Cabo Ramalho da PM daquela cidade; acrescentando que também não existe na cidade nenhuma professora Silvana Zaniolo.

 

Ao jogar parte do texto da mensagem no Google, também é possível encontrar notícias de vários portais do país alertando sobre a inveracidade da mensagem.

 

Em Goiânia, por exemplo, a fake news voltou a circular em junho deste ano; em 2015 em Alagoas; dentre outras localidades e em anos distintos.

 

Sérgio Vasconcelos

Repórter