Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Saúde

24/11/2018 - 19:07 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Ônibus da prefeitura de Araçuai que transporta pacientes, quebra de novo

Ônibus já havia apresentado outros problemas e estava em revisão. Este é o quarto acidente envolvendo veículos que fazem transporte de pacientes que necessitam de tratamento fora de Araçuai. O saldo das tragédias contabiliza 11 mortos.

Foto: Redes sociais Ônibus da prefeitura de Araçuai que transporta pacientes, quebra de novo
Ônibus chegou à cidade puxado por um guincho

 

Aconteceu de novo. Usuários do Programa de Saúde que fazem Tratamento Fora do Domicilio  (TFD) continuam enfrentando problemas com o ônibus da prefeitura de Araçuai, no Vale do Jequitinhonha que transporta pacientes e seus acompanhantes para Belo Horizonte.

 

No início da madrugada desta sexta-feira (23) ele apresentou problemas mecânicos;  próximo à cidade de Diamantina, após trincar um tubo que leva o óleo para o motor. Ninguém se feriu.

 

O ônibus havia saido de Belo Horizonte às 19 horas,  de quinta-feira, com 42 passageiros.  Ele saiu da revisão há menos de um mês. Passageiros esperaram por socorro por pelo menos 6 horas. Eles foram transportados para Araçuai no início da manhã, em ônibus de uma seguradora.

 

Ònibus chegou por volta das 15 horas em Araçuai, puxado por guincho. Ele foi adquirido em 2014. Conserto será feito por mecânicos da prefeitura.

 

O prefeito Armando Paixão (PT) e a vice-prefeita ; Rita Capdeville, que responde pela secretaria municipal da Saúde, não foram localizados para comentar o assunto. Ambos são médicos.

 

O secretário municipal de Administração, Fabiano Carvalho Sá, informou  no início da noite, que o ônibus foi adquirido em 2014 e que após o acidente; os pacientes foram transportados por um veículo de uma seguradora. O ônibus avariado chegou à Araçuai por volta das 15 horas, puxado por um guincho e levado para o pátio da Secretaria de Transportes. “ Os mecânicos da prefeitura vão fazer a manutenção. Vamos terceirizar o serviço de transporte dos pacientes enquanto o ônibus estiver no conserto”; disse o secretário.

 

Pela redes sociais, uma paciente fez um desabafo.

 

“Quero fazer uma reclamação! Nós estamos pedindo socorro, o ônibus T. F. D da Secretaria da Saúde ,encontra- se quebrado em Diamantina, desde a meia-noite, os pacientes todos com fome, sede, não tem um banheiro. Agora já são quase 6 horas  da manhã e não teve um socorro. Isso é um absurdo! Tem, senhoras e senhores de idade e todos doentes. Até agora nem sinal de arrumar. Por que o prefeito não coloca um ônibus que preste. Agora coloca para carregar os pacientes para Belo Horizonte em um ônibus que vive dando problema”, disse a passageira. 

 

“Gente que prefeito é este que não cuida das pessoas de sua cidade, falta de consideração com o seu povo. Alerta prefeito, você gostaria que um dos seus estivesse 10,  12 horas dentro de um ônibus no meio do tempo podendo ser assaltado? Com fome com sede sem banheiros com frio e passando mal? Acorda prefeito, coloca um ônibus que preste para os paciente pelo menos viajar com mais conforto"; completou a passageira.

 

 

De novo outra vez

 

 

Este é o  terceiro acidente em menos  4 meses com ônibus que transporta pacientes  que precisam de tratamento fora de Araçuai e o quarto desde 2015. Todos os acidentes ocorreram no mês de agosto.

 

No dia 16 de agosto último, um micro-ônibus da secretaria da Saúde, perdeu uma das rodas dianteiras quando seguia para Diamantina, levando cerca de 16 pessoas. Ninguém se feriu. A secretária municipal de Saúde, Rita Capdeville disse que o veículo havia passado por  uma revisão em 2016. O ônibus já havia apresentado problemas em viagens anteriores.

 

No dia 27 de agosto último, aciente com  ônibus terceirizado pela prefeitura deixou 5 mortos.

 

 

Tragédia

 

No dia 27 de agosto último, um ônibus fretado pela prefeitura de Araçuai, para levar pacientes que fazem tratamento em hospitais de Belo Horizonte, tombou na Br-381, nas proximidades de São Gonçalo do Rio Abaixo;  após bater de frente com outro veículo.  Cinco pessoas morreram.

Em agosto de 2015 acidente próximo à Diamantina com veículo que transportava pacientes de Araçuai; deixou 6 mortos.

 

Em  20 de agosto de 2015,  seis  pessoas morreram e 26 ficaram feridas em uma batida entre dois ônibus no km 491 da BR-367 a cerca de 80 km de Diamantina. Um dos ônibus envolvidos era do Cismeje- Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Vale do Jequitinhonha- que  transportava pacientes que sairam de Araçuai,  para tratamento em Diamantina.

 

 

 O outro ônibus envolvido na tragédia, era  da empresa  Silviotur,  que levava passageiros de São Sebastião do Paraíso, no sul de Minas, para Chapada do Norte.

 

Em 16 de agosto, ônibus da secretaria da Saúde soltou uma roda na Br-367 em Diamantina. Ele conduzia pacientes. Ninguém se feriu.

 

Sérgio Vasconcelos

Repórter