Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Cultura

28/03/2019 - 16:10 - Fonte: Gazeta de Araçuaí

Mostra Cerâmica do Jequitinhonha, segue até 21 de abril no Palácio das Artes

A exposição Cerâmica do Jequitinhonha celebra o Dia do Artesão em Minas Gerais

Foto: arquivo Mostra Cerâmica do Jequitinhonha, segue até 21 de abril no Palácio das Artes
Palácio das Artes fica na Avenida Afonso Pena, no centro de BH

 

Em homenagem aos artesãos dos municípios de Turmalina, Caraí, Ponto dos Volantes e Minas Novas, segue até 21 de abril , a exposição comemorativa do Dia do Artesão: “Cerâmica do Jequitinhonha”.

Instalada no Espaço do Artista Popular de Minas Gerais, no Centro de Artesanato Mineiro, anexo ao Palácio das Artes,  a exposição contempla peças de cerâmica, que poderão ser comercializadas na vigência da exposição .

 

Mostra Cerâmica do Jequitinhonha

A exposição Cerâmica do Jequitinhonha celebra o Dia do Artesão em Minas Gerais e também encerra uma série de mostras apresentadas pelo Centro de Artesanato Mineiro durante o ano de 2018, tendo a cerâmica como tema.

 

As famosas bonecas da dona Isabel, ceramista do Jequitinhonha , podem ser adquiridas a partir de R$ 7 mil. Ela faleceu em  outubro de 2014 aos 90 anos.

 

A produção da cerâmica do Jequitinhonha, uma das mais importantes técnicas de artesanato de tradição do Brasil, teve seu destaque nacional e internacional com as bonecas de Dona Isabel, Santana do Araçuaí – localização rica em barro de boa qualidade e de colocações variadas, modeladas a partir de uma técnica tradicional aprendida com sua mãe.

 

Atualmente, as ceramistas do Vale do Jequitinhonha continuam produzindo as belíssimas bonecas, mas também uma grande diversidade de objetos utilitários e decorativos como galinhas, flores, jarros, panelas, moringas, vasos, saladeiras, potes e muito mais.

 

Além desta produção em cerâmica figurativa com grafismos abstratos, de cores retiradas dos diversos tipos de argila encontrados na região, que vão das tonalidades ocre aos rosados e brancos, ainda existem outros temas de produção da cerâmica como o cotidiano e o fabuloso, com suas formas ora mais realistas, ora mais expressivas.

 

Exposição apresenta variedade de peças artesanais do Vale do Jequitinhonha.

A exposição Cerâmica do Jequitinhonha homenageia as associações dos Lavradores e Artesãos de Campo Alegre; dos artesãos de Coqueiro Campo; de Santo Antônio do Caraí, de Santana do Araçuaí e de Cachoeira do Fanado, por meio da parceria com o Governo de Minas Gerais, através Sedectes e do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene).