Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

12/04/2019 - 11:11 - Fonte: Aconteceu no Vale

Jovem de 20 anos é sequestrado e assassinado em Itaobim

Três homens foram presos suspeitos de participação no crime que pode ter ligação com o tráfico de drogas na cidade.

Foto: arquivo Jovem de 20 anos é sequestrado e assassinado em Itaobim
Vista área de Itaobim

Um jovem de 20 anos foi sequestrado e executado em Itaobim, no Vale do Jequitinhonha. A história começou na segunda-feira (08) quando Rodrigo Souza Dias desapareceu. O rapaz cumpria pena na unidade prisional da cidade, em regime semiaberto, e às 6h da manhã foi liberado. Ele não retornou ao presídio no início da noite, nem apareceu em casa durante o dia. Preocupados com a situação, os familiares procuraram a Polícia Militar e registraram o desaparecimento.

 

Moradores da cidade começaram a fazer denúncias indicando que três homens haviam colocado Rodrigo dentro de um carro, fugindo em seguida.

 

De posse das denúncias, policiais iniciaram as buscas pela vítima, que tiveram fim por volta das 23h desta  quarta-feira (10) quando o corpo foi encontrado em uma fazenda às margens da BR-367. A perícia foi acionada e constatou que o jovem foi executado com dois tiros na cabeça. O corpo foi recolhido ao IML de Pedra Azul.

 

Suspeitos presos

 

Novas denúncias começaram a chegar à PM, sobre os suspeitos  do crime. Segundo a PM eles são envolvidos com o tráfico de drogas   na cidade e são conhecidos no meio policial. Foi montada uma operação que chegou aos três homens, de 21, 31 e 34 anos.

 

Com os três suspeitos foram encontradas drogas diversas, balanças de precisão, dentre outros materiais.

O veículo utilizado no sequestro e na desova do corpo foi localizado em uma fazenda, às margens da BR-367. O carro era clonado e havia sido roubado no dia 13 de fevereiro deste ano, no bairro Jardim das Alterosas, em Betim (MG).

A provável motivação do crime é a disputa pelo território do tráfico de drogas na cidade.

Os três suspeitos confessaram participação e autoria no crime e foram presos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Pedra Azul.