Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

12/04/2019 - 18:13 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Com filho de 1 ano no colo, mulher é morta com tiro na cabeça em Minas Novas

Crime teve participação do irmão da vítima. Ele foi preso no mesmo dia. O suspeito de ter cometido o assassinato foi preso no final da tarde deste sábado. Ambos foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil de Capelinha .

Foto: ilustrativa Com filho de 1 ano no colo, mulher  é morta com tiro na cabeça em Minas Novas
Polícia apreendeu armas, munições e celulares com os envolvidos no crime

 

Dois dias após uma adolescente de 15 anos matar a chutes e pontapés uma colega da mesma idade no pátio de uma escola da cidade, Minas Novas, no Vale do Jequitinhonha (MG) se vê diante de mais um crime bárbaro.

 

Uma mulher de 29 anos  foi assassinada com um tiro na cabeça enquanto segurava no colo, o filho dela, um bebê de 1 ano de idade. O crime ocorreu na tarde desta sexta-feira (12)na Comunidade de Catuá, zona rural do município.

 

 

Segundo informações da Polícia, Juliana Rodrigues de Jesus estava consumindo bebidas alcoólicas na casa de amigos  , quando aconteceu um desentendimento com um homem de 33 anos.  

 

Antes do desentendimento, o suspeito do crime colocou um revólver na cabeça de uma menina de 13 anos, realizou ameaças, efetuou um disparo no chão para intimidar e, em seguida, saiu do local.

 

Após presenciar o fato, Juliana disse que chamaria a polícia, momento em que o irmão  dela , de 22 anos, saiu da casa e retornou junto com o autor do disparo.

 

Com ajuda do irmão, o assassino levou  Juliana, que estava com o filho no colo, até a cozinha da casa e a executou com um tiro na cabeça. Ela morreu no local.

 

Após a mulher cair com a criança ainda nos braços,  os dois homens pegaram o bebê, entregaram para moradores e fugiram do local.

 

Na casa do suspeito de ter matado a mulher, foram apreendidas duas motos, uma delas com registro de furto, além de armas e munições.

 

A provável motivação do crime, foi um desentendimento antigo entre o marido da vítima e o autor do disparo. Ele  foi preso na tarde deste sábado(13). O  irmão da vítima também foi preso em casa no dia do crime. Ambos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil em Capelinha. Na casa do acusado de cometer o crime, a polícia apreendeu munições, um revólver calibre 38, uma espingarda, duas motos, sendo que uma delas está com ocorrência de furto e um celular. 

 

Sérgio Vasconcelos

Repórter