Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

06/05/2019 - 10:01 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Jovem é encontrado morto com tiro no rosto em distrito de Araçuai

A motivação e autoria do crime são desconhecidas e estão sendo investigadas. Até o momento ninguém foi preso.

Foto: Bruno Lages Jovem é encontrado morto com tiro no rosto em distrito de Araçuai
Corpo foi encontrado a 50 metros de uma ponte recentemente inaugurada no distrito de Itira.
Um  jovem de 21 anos foi assassinado no inicio da madrugada  desta segunda-feira (6) em  Itira, distrito de Araçuai, no Vale do Jequitinhonha (MG). Ele foi encontrado 50 metros após a cabeceira de uma ponte recém inaugurada no distrito. A vítima levou um tiro no rosto, provavelmente de uma espingarda chumbeira, de fabricação artesanal. Ao lado do corpo foi encontrado uma moto Titan preta , arrematada em um leilão.
 
A motivação e autoria do crime são desconhecidas e estão sendo investigadas. Até o momento ninguém foi preso.
 
 
Júlio César morava com a mãe na Comunidade do Alagadiço, em Coronel Murta.
 
 
O corpo de Júlio César Jardim Pereira foi encaminhado para o IML de Teófilo Otoni e o sepultamento deverá ocorrer em Coronel Murta, onde o jovem morava com a avó  mas regularmente visitava a mãe, na Comunidade do Alagadiço, zona rural daquele município.
 
 
A Polícia Militar foi acionada no início da madrugada e quando chegou ao local indicado, só encontraram o corpo e a motocicleta usada pelo jovem. De acordo com as primeiras informações, Júlio César , foi visto horas antes do crime, bebendo com um desconhecido em um bar do distrito. 
 
 
Segundo relato de moradores à Polícia Militar, quando ia embora, o jovem foi abordado nas proximidades da ponte,  por dois homens que sairam de um matagal, e falaram: " Enfim nos te encontramos". 
 
 

A informação foi confirmada por um homem que segundo a PM estava com a vítima no momento do crime. Ele contou que seguia com Júlio César quando foram abordados por dois indivíduos, sendo um com uma arma longa. Eles , mandaram que os dois deitassem no chão. Na sequência, um dos suspeitos que estava armado disse para a vítima: “há muito que eu estava querendo te encontrar” e depois, efetuou  um disparo contra o rosto do jovem.

 

A testemunha disse que  ao ouvir o disparo, saiu em desabalada carreira pelo matagal até conseguir chegar em casa , onde foi localizado apresentando estar ainda bastante abalado, não conseguindo passar mais detalhes do fato.

 
Há cerca de 3 meses, o jovem havia se envolvido em uma confusão no garimpo da Barra do Salinas, a 22 km de Coronel Murta. Após a discussão pelo sumiço de R$ 1 real, ele foi agredido  por um garimpeiro que lhe desferiu golpes de facão na cabeça. Na ocasião, Júlio César foi levado para a Unidade de Saúde de Coronel Murta. O caso foi registrado pela PM local.
 
 
Gazeta de Araçuai