Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

20/05/2019 - 11:15 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Namorado é o principal suspeito de degolar adolescente em Itinga

A garota saiu da casa dos pais em Taquaral de Minas para ir morar com o suspeito, de 22 anos, em São Paulo

Foto: divulgação Namorado é o principal suspeito de degolar adolescente em Itinga
Vanessa Santos, de 17 anos, morou com o namorado por cerca de 1 ano.

 

 

Uma adolescente de 17 anos foi encontrada morta  por volta da meia noite de sábado (18) em uma rua escura da região central da cidade de Itinga, no Vale do Jequitinhonha (MG). O namorado dela, Leandro Rodrigues Alves, de 22 anos, é o principal suspeito do crime. Ele se encontra foragido e está sendo procurado pela polícia.

 

 

Leandro Rodrigues, natural da cidade de Itinga, é o principal suspeito do crime.

 

De acordo com informações da Polícia Militar, a adolescente Vanessa Santos de Carvalho, morava com o namorado em São Paulo a cerca de 1 ano, após sair da casa dos pais, em Taquaral de Minas, distrito de Itinga.

 

O comportamento agressivo e ciúmes doentio de   Leandro, levaram a garota a voltar para casa. Ainda segundo informações da PM ela sofria constantes agressões do namorado, que a mantinha em cárcere privado.

 

Inconformado com o fim do relacionamento, Leandro Rodrigues saiu de São Paulo e foi até Taquaral de Minas em busca da ex-companheira. Na quinta-feira (15) ele apanhou Vanessa na casa dos pais dela e a levou para a casa dos pais dele, em Itinga.

 

No sábado, por volta das 22 horas ele saiu com  ela dizendo que iria a uma pizzaria. Por volta da meia-noite, a Policía Militar local recebeu uma ligação informando que havia um corpo na rua Caminho da Boa Vida. “ Como o local possui pouca iluminação, foi difícil identificar o corpo de imediato”, informou um policial. Vanessa foi encontrada com um corte profundo no pescoço (esgorjamento).

 

A perícia técnica  da Polícia Civil foi acionada e o corpo foi encaminhado para o IML de Almenara e na sequência, liberado para sepultamento.

 

A polícia civil vai assumir as investigações.

 

Gazeta de Araçuai