Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

19/06/2019 - 09:08 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Briga em bairro de Curitiba entre filhos de Araçuai, termina com jovem morto a facadas

Corpo do jovem que trabalhava em um posto da cidade, foi liberado no início da madrugada desta terça-feira para sepultamento em Araçuai.

Foto: divulgação Briga em bairro de Curitiba entre filhos de Araçuai, termina com jovem morto a facadas
Messias Roque, de 28 anos, morreu no local.
 
 
Uma briga terminou em morte no fim da tarde desta segunda-feira (17), no bairro Uberaba, em Curitiba. Moradores da região chamaram a Polícia Militar (PM) e o Corpo de Bombeiros, para informar que  três homens brigavam na esquina das Ruas Luiz Gallieri e Alberto Hey. Quando as equipes chegaram ao local, por volta das 17h30, apenas constataram a morte de um rapaz, identificado como Messias Roque, natural de Araçuai, no Vale do Jequitinhonha(MG).
 
 
Messias Roque morava há cerca de 1 ano em Curitiba e trabalhava em um posto de combustíveis da cidade.
 
 
 
De acordo com o Tenente Romário Jonck, Messias Moreira Roque, de 28 anos,  e   três amigos , todos de Araçuai, tomavam cerveja em frente à casa onde moravam, no bairro Uberaba. Em determinado momento, ainda segundo a PM, o Messias passou a ofender o colega Marcos, conhecido pelo apelido de Caveirinha.
 
 
Durante a discussão, Caveirinha se armou de uma faca e desferiu golpes contra Messias, atingindo a região do  tórax, braços e costas. A vítima, que morava há pelo menos um ano em Curitiba, morreu no local.
 
Rapaz conhecido por Caveirinha, também de Araçuai é apontado como autor do crime. Ele está foragido.
 
 
 
A PM  informou que  Caveirinha não tinha passagens pela polícia e fugiu com a arma do crime . Guarnição da polícia militar disse que  fez  patrulhamento pela região, mas até o momento  ele não foi preso.
 
 
O corpo de Messias foi levado para o IML e liberado no início da madrugada de terça-feira (18) por um irmão para ser sepultado em Araçuai. Familiares do rapaz são residentes na região conhecida como Gravatá, zona rural do município, a 1.561 km de Curitiba.
 
 
O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Curitiba.
 
 
Gazeta de Araçuai