Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

21/09/2019 - 09:46 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Araçuai registra 3 assassinatos em menos de 72 horas.Crimes podem estar ligados ao tráfico de drogas

Delegado Cristiano Castellucci acredita que os crimes estejam ligados à acerto de contas do tráfico de drogas e disputa por terrítórios de venda de armas e entorpecentes. Dois dos assassinatos foram cometidos na noite desta terça-feira (20) em uma mesma região

Foto: arquivo Araçuai registra 3 assassinatos em menos de 72 horas.Crimes podem estar ligados ao tráfico de drogas
Araçuai possui cerca de 38 mil habitantes e é a principal cidade do Médio Jequitinhonha

 

 

Em menos de  72  horas, Araçuai, no Vale do Jequitinhonha, (MG) registrou três assassinatos, em diferentes regiões da cidade, sendo dois, ocorridos na noite desta terça-feira (20) e um  na noite de sábado (17 ). A Polícia Civil acredita que os crimes estejam relacionados com o  acerto de contas com o tráfico de drogas, venda de armas e disputa  por territórios de venda de entorpecentes.

 

O caso mais recente foi registrado por volta das 21h30m desta terça-feira,  quando o corpo de um homem de  37 anos,identificado como Walinson de Souza Maioline, conhecido por Gú,  foi encontrado na região do Gravatá, a cerca de 9 km da cidade. Ele estava no banco traseiro de um veículo encontrado na altura do km 14 da LMG 679, que liga Araçuai a Francisco Badaró. O corpo apresentava marcas de tiros na região abdominal. Ao lado dele, foi apreendido um boné, que a família da vítima não reconheceu como sendo dele.

 

A  polícia  informou  também que encontrou o pneu de um automóvel na pista de rolamento da  rodovia, próximo ao trevo da Taboa, a 5 km da cidade,  e sinais de que um veículo havia percorrido alguns quilômetros  da estrada sem uma das rodas.

 

Equipes da PM e da perícia civil compareceram ao local.

 

O corpo foi removido para o IML de Almenara.

 

Walinson de Sousa Maioline, morto na noite desta terça-feira (20) tinha passagens por tráfico de drogas.

 

Segundo o delegado Cristiano Castelluci, que acompanha as investigações, Walinson Maioline, conhecido por Gú, já havia sido preso em 2013 por tráfico de drogas. Ele chegou a cumprir a pena.

 

 

 

Henrique Siqueira, de 37 anos, foi morto a tiros na noite de sábado (17).

.Mais assassinatos

 

O primeiro caso registrado foi no sábado (17 ), quando um outro homem também de  37  anos, identificado como Henrique Siqueira Santos,  foi morto a tiros  em uma rua deserta e com pouca iluminação, no bairro São Francisco, na  parte alta da cidade. O corpo tinha  quatro perfurações por arma de fogo. A  vítima tinha passagem por tráfico. Uma rede de TV chegou a divulgar que a motivação do crime pode ter sido passional, diante do fato da vítima ter engravidado a mulher de um outro homem,  o que foi rechaçado pelo delegado Cristiano Castellucci, que acompanha os casos. “Mesmo que tenha sido este o motivo, foi de uma irresponsabilidade a divulgação. Não descartamos nenhuma linha de investigação mas,  a mais provável é acerto de contas”, disse o delegado.

 

Jovem conhecido como Moisés, morador da região da Baixada, tinha envolvimento com o tráfico, segundo a PM.

 

Na manhã desta quarta-feira (21) o corpo de um outro  homem com sinais de perfurações de arma de fogo,  foi encontrado  por um vaqueiro, dentro de um matagal,  nas proximidades de onde  Walinson de Sousa  Maioline foi assassinado.Trata-se de um homem moreno e  jovem, conhecido por Moisés, residente na região da Baixada . Um celular  que estava debaixo do corpo dele foi apreendido. O local do crime foi isolado. A perícia civil está sendo aguardada. 

 

A polícia não descarta a possibilidade de os crimes terem relacionamento entre si. As investigações prosseguem mas  até o momento nenhum suspeito foi preso.

 

Gazeta de Araçuai