Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Cidades

06/11/2019 - 10:08 - Fonte: ALMG

Suicídio de PM em Araçuai será debatido em comissão da ALMG

Ele era natural de Teófilo Otoni onde morava com a esposa e dois filhos menores. Alegando perseguições, ao ser transferido para Araçuai, o policial acabou cometendo suicídio.

Foto: arquivo pessoal Suicídio de PM em Araçuai será debatido em comissão da ALMG
Cabo Leandro Novais se matou com um tiro na cabeça na noite de 16 de outubro

 

Os fatos relacionados ao suicídio do cabo da Polícia Militar Leandro Cardoso Novais, lotado na 14ª Companhia da PM, em Araçuaí (Vale do Jequitinhonha), vão ser debatidos pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

 

Solicitada pelo presidente da Comissão de Segurança Pública, deputado Sargento Rodrigues (PTB), a audiência pública acontece nesta quinta-feira (7/11/19), no Plenarinho II, às 15 horas.

 

Conforme relatou o parlamentar na justificativa de seu requerimento, o cabo Novais, casado e pai de dois filhos, residia em Teófilo Otoni (Vale do Mucuri), onde atuava na 15ª Região da PM. Sob acusação de que faria "bico" para complementar sua renda, foi punido administrativamente.

 

Logo depois, foi punido novamente com sua transferência para a 14ª Cia Independente, em Araçuaí (Vale do Jequitinhonha), por ordem do coronel Sérvio Túlio Mariano Salazar, à época, comandante da 15ª RPM.

 

Leandro Cardoso tinha 37 anos.

Autoextermínio –

 

 Desde então, Leandro Novais, inconformado com as punições, passou a apresentar pensamentos de autoextermínio, diante da angústia de ver sua família apenas uma vez na semana. Foram indicados ao policial tratamentos psicológico e psiquiátrico, mas os atestados médicos que apresentava eram todos indeferidos, sob a desconfiança de que ele estaria dando "chapéu", ou seja, trapaceando para faltar de serviço.

 

Na noite de 16 de outubro, o policial cometeu suicídio na casa onde morava, no bairro São Geraldo em Araçuai.