Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

07/11/2019 - 09:31 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Adolescente atira contra colegas em escola de distrito de Carai

O ataque ocorreu na manhã desta quinta-feira(7) Vítimas foram socorridas com vida e encaminhadas para um hospital em Padre Paraíso. O estado de saúde de um adolescente atingido no pescoço é considerado grave.

Foto: divulgação Adolescente atira contra colegas em escola de distrito de  Carai
Ataque ocorreu na Escola Estadual Orlando Tavares.

 

Um adolescente  entrou armado  com uma garrucha e  um facão e atirou contra  dois colegas de classe da Escola Estadual Orlando Tavares, em Ponto de Marambaia, distrito de Caraí, no Vale do Jequitinhonha (MG) na manhã desta quinta-feira (7). O ataque provocou pânico entre os alunos e professores.

 

De acordo com vice- diretor, aluno era considerado pacato. Escola foi isolada para aguardar perícia. Viaturas da Polícia Militar de Carai, se deslocaram para o local. A escola fica a 20 km de Padre Paraíso para onde foram encaminhados dois alunos feridos.Não há informações sobre vítimas fatais. 

 

Um dos professores, jogou uma cadeira contra o aluno que estava armado, e conseguiu evitar uma tragédia maior. Ele foi contido.Há suspeitas que o crime tenha motivações passionais.

 

 

A instituição atende alunos do 6º ano do ensino fundalmental ao 3º do Ensino Médio.


Segundo o diretor do educandário, Márcio Anselmo Vieira Matos, havia cerca de 300 alunos no local. O fato aconteceu por volta das 8h, quando parte dos estudantes fazia atividades de educação física. 

Com o auxílio da direção e dos professores, eles conseguiram sair, para fugir do atirador. O suspeito, que também é aluno da escola, foi preso pela Policia Militar (PM). Um outro envolvido também foi detido. 

 

 

Feridos foram encaminhados para o hospital em Padre Paraíso a 20 km da escola.

 

 Mais informações a qualquer momento. De acordo com o hospital Nossa Senhora Mãe da Igreja, de Padre Paraíso os dois adolescentes feridos no ataque, foram medicados. O estado de saúde  de um deles, que foi atingido no pescoço,  é considerado grave.

 

A Secretaria Estadual de Educação ainda não se posicionou sobre o caso.

 

Sérgio Vasconcelos

Repórter