Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

20/10/2019 - 12:33 - Fonte: Gazeta de Araçuai

É fake, a noticia de aluno esfaqueado em escola de Araçuai

Noticia dando conta de que um aluno havia sido esfaqueado na Escola Estadual Frei Rogato circulou nesta quarta-feira (20) através das redes sociais.

Foto: Gazeta de Araçuai É fake,  a noticia de aluno esfaqueado em escola de Araçuai
Jucélia Cardoso, vice-diretora da escola, dialoga com alunos e desmente notícia falsa.

 

É falsa a notícia ( fake news )que circulou nas redes sociais e em grupos de whatsapp, nesta quarta-feira (20) dando conta que um aluno havia sido esfaqueado na porta da Escola Estadual Frei Rogato em Araçuai, no Vale do Jequitinhonha (MG).

 

Video com carro da policia na porta da escola e de um policial no portão, acompanharam a  informação do falso crime..

 

Uma foto de um policial no portão da escola e um vídeo mostrando uma viatura da PM na rua, com vários alunos fazendo algazarra, foram usados para divulgar a falsa notícia.

 

 

“Tiraram uma foto minha no momento em que eu estava dialogando com alunos, na entrada da escola e  que estavam chegando atrasados. A história de aluno esfaqueado é fake News”, esclareceu o sargento Ernani Martins, da PM e que administra o curso do PROERD-O Programa Educacional de Resistência à Violência e às Drogas  que é uma forma de atuação da POLICIA MILITAR voltada para a prevenção ao uso indevido de drogas,  e às ações de violência entre os jovens.

 

A vice-diretora da escola Jucélia Aguiar Cardoso, também confirmou a falsidade da notícia.

 

Video usado para divulgar falsa notícia foi feito durante brincadeira de alunos na porta da escola.

 

Por telefone, a vice-diretora informou que “Esse vídeo foi feito  no momento do movimento de um carro da polícia na porta....é de  policiais  que vem  (sic)...pára o carro aqui na escola e descem fazendo ronda à pé em volta da escola, porque sempre tem rapazinhos que vem usar drogas em volta de uma lagoa aqui perto da escola.E naquele momento que estava aquele tumulto na porta da escola era de alguns alunos comemorando o aniversário de um aluno do 6º ano..estavam quebrando ovos na cabeça dele. Não foi movimento de violência. Simplesmente alguém usou aquele momento...certamente alguém querendo ver o circo pegar fogo e queimar a imagem da escola”, lamentou Jucélia Aguiar Cardoso.

 

Não foi registrada a ocorrência.

 

 

Sérgio Vasconcelos

Repórter