Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

21/10/2019 - 12:56 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Recuperados três dos quatro veículos roubados em um só dia em Araçuai

Um vereador da cidade, que foi vítima dos criminosos, acredita que os assaltos foram uma retaliação à prisão, na manhã de terça-feira (19) de dois homens ligados ao tráfico de drogas e a execução de rivais na cidade.

Foto: Gazeta de Araçuai Recuperados três dos quatro veículos roubados em um só dia em Araçuai
A Polícia Militar desencadeou ação rápida e conseguiu recuperar 3 dos quatro veículos roubados

 

 

A Polícia Militar informou que foram recuperados  três dos quatro veículos roubados por criminosos na  na noite da última terça-feira (19) em Araçuai, no Vale do Jequitinhonha (MG). O vereador Erotides Esteves (PT), 65 anos, uma das vítimas dos assaltos, acredita que os crimes estejam ligados à retaliação de bandidos, inconformados com a prisão na manhã daquele dia,  de dois criminosos, acusados de ordenar o assassinato de 3 traficantes rivais.

 

Segundo a ocorrência,  militares da cidade foram acionados e compareceram ao bairro Lazaredo, onde  um homem alegou que por volta das 20h55,  transitava pela rua Uberaba quando foi abordado por dois homens encapuzados e armados que exigiram a entrega do aparelho celular e a motocicleta. O homem foi levado para um matagal e obrigado a permanecer deitado no chão. Os criminosos fugiram, efetuando disparos de armas de fogo.

 

Moto roubada foi encontrada em um matagal.

 

Na manhã de quarta-feira (20) durante o rastreamento, os militares encontraram em um matagal a motocicleta Honda CG 125 de cor azul, que havia sido roubada pela dupla.

 

 

O taxista Vilmar Sousa, aguardava no final da manhã desta quinta-feira (21) a liberação do veículo dele, roubado pelos criminosos.

 

Mais roubos

 

Também na terça-feira, por volta das 23h10, militares compareceram à rua Uberaba,onde o taxista Vilmar Sousa Silva, de 51 anos, contou que foi até ao bairro Lazaredo para buscar 4 passageiros que ele havia levado horas antes àquele local. No momento em que os passageiros estavam embarcando, chegaram dois homens armados com revólver, e de cara limpa,  obrigaram os passageiros a descerem do carro, e na sequência, levaram o veículo dele, R$ 500 reais e um aparelho celular de um dos passageiros. O taxista já havia sido vítima de mais outros dois assaltos em 2015 e em 2016.

 

Ao serem acionados, policiais militares localizaram o veículo roubado em uma estrada de terra que dá acesso a Comunidade da Baixa  Quente. O veículo , removido para um pátio credenciado do DETRAN,  apresentava algumas avarias causadas durante a fuga dos assaltantes

 

Vereador Erotides Esteves que também foi vítima dos assaltos, acredita em retaliação de criminosos contra ação da polícia.

 

.Uma hora após o registro desta ocorrência, a Polícia Militar foi novamente acionada, desta vez, para comparecer à avenida Clementino da Silveira no Bairro Corredor, onde clientes de um bar foram surpreendidos por dois criminosos que chegaram armados e  anunciaram um assalto . Eles levaram a motocicleta de um funcionário público e uma picape de um  vereador da cidade, além de celulares, documentos e dinheiro das vítimas, incluindo o proprietário do bar.

 

Uma das vítimas, o vereador Erotides Esteves Silveira,65 anos, contou que estava no bar conversando política com amigos quando os dois criminosos chegaram de cara limpa, no local. Ele os descreveu como sendo brancos, de estatura mediana, aparentando menos de 30 anos. “ Os dois foram direto à nossa mesa.Armados com revólveres calibre 22, obrigaram  todo mundo a deitar no chão. Entregamos tudo que pediram: dinheiro, carteira, celulares. Depois exigiram as chaves da moto de um amigo,  e a do meu carro, uma caminhonete Fiat Strada e fugiram em seguida.

 

O que os criminosos não imaginavam é que um dos clientes havia  escondido  um celular que foi usado para acionar a polícia que compareceu de imediato.

 

“Creio que os militares já conheciam a rota de fuga de bandidos da região e eles acabaram sendo localizados na antiga estrada de terra que ligava Araçuai a Francisco Badaró”, observou o vereador.

 

Durante a perseguição, os policiais atiraram na caminhonete do vereador e o bandido que a conduzia,  acabou abandonando o veículo e fugindo na moto, junto com o comparsa. Essa moto, que pertence a um funcionário da Receita Estadual de Araçuai, ainda não foi localizada. Até o momento ninguém foi preso.

 

Gazeta de Araçuai

 

·  .