Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Política

22/10/2019 - 08:31 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Câmara aprova pedido de crédito suplementar para a prefeitura de Coronel Murta

Projeto vai atender várias secretarias

Foto: divulgação Câmara aprova pedido de crédito suplementar para a prefeitura de Coronel Murta
O pedido de suplementação foi aprovado por unanimidade pelos vereadores

A Câmara Municipal de Coronel Murta, no Vale do Jequitinhonha (MG) aprovou o projeto de lei  017/2019 que autoriza o Executivo a abrir crédito suplementar de R$ 1.606.000,00 (Um milhão, seiscentos e seis mil reais ) no orçamento vigente.

 

A medida, de acordo com o projeto da prefeita Amariles Santos  Lima (PSDB),  visa equilibrar as despesas decorrentes dos serviços prestados pela Prefeitura com a receita atual, garantindo atendimento às demandas da população.

 

“A Prefeitura não está criando despesas, apenas remanejando de uma Secretaria para outra”, explicou Ailton Jardim, presidente da Câmara, para justificar a aprovação do projeto.

 

O projeto foi enviado para a Câmara com pedido para ser votado em regime de urgência.

 

De acordo com o projeto, o crédito suplementar é para atender cobertura de despesas com pagamento de servidores municipais, bem como despesas para manutenção de programas de interesse público, como Programa Saúde da Família, Saúde Bucal, e Farmácia de Minas.

 

A suplementação vai garantir ainda o pagamento de despesas com o transporte municipal de doentes além de manutenção e funcionamento das atividades das secretarias municipais, serviços urbanos, meio ambiente, obras públicas, limpeza pública, praças e jardins, iluminação pública, ação social e habitação.

 

O dinheiro, de acordo com o projeto de lei, vai garantir a manutenção do Programa Transporte Escolar, rede de ensino e também atender as despesas para manutenção da usina de reciclagem e compostagem de lixo.

 

Para que o projeto de lei fosse aprovado, foi feito o levantamento dos principais ajustes que deverão ser realizados nas dotações próprias para o empenhamento das despesas.

 

Sérgio Vasconcelos

Repórter