Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Saúde

23/12/2019 - 09:37 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Médico sugere abertura da Policlinica de Araçuai nos feriados e finais de semana

Para o médico Airton Jardim, o funcionamento da Policlinica nos finais de semana e feriados, com escala de plantonistas,vai contribuir com a melhoria do atendimento para os mais carentes e ainda desafogar o atendimento do hospital local.

Foto: Gazeta de Araçuai Médico sugere abertura da Policlinica de Araçuai nos feriados e finais de semana
Com 54 funcionários, a Policlinica de Araçuai funciona de segunda a sexta-feira de 7 às 18 horas.

 

O médico Airton Jardim, 60 anos, sendo 33 dedicados à medicina, defende a abertura da Policlinica de Araçuai e da farmácia básica, nos finais de semana e feriados. Para ele, a medida  seria uma forma de desafogar o hospital local e atender àqueles que trabalham durante a semana e também  melhorar o atendimento aos mais carentes Ele  afirma que  isso não ocorre por falta de empenho administrativo,” É preciso mudar o gerenciamento da saúde”, destaca.

 

O  supervisor do Programa Mais Médicos no municipio, Jansen Tanure, reconhece que a medida é boa mas que não há recursos financeiros para contratar médicos e equipe multidisciplinar. 

 

Em maio , o governo federal lançou o Programa Sáude na Hora, que  amplia os recursos mensais a municípios que estenderem o horário de funcionamento das unidades de saúde  para o período da noite, além de permanecerem de portas abertas durante o horário de almoço e, opcionalmente, aos fins de semana.

 

A ação visa ampliar o acesso dos cidadãos aos serviços de Atenção Primária, como consultas médicas e odontológicas, coleta de exames laboratoriais, aplicação de vacinas e pré-natal..

 

O programa tem orçamento de R$ 150 milhões, que serão transferidos para os municípios aplicarem na ampliação do serviço. Os repasses dependem do tamanho das equipes.  Para participar do Programa Saúde na Hora, os gestores municipais já podem solicitar adesão de suas unidades. Araçuai não vai aderir. O municipio conta com 13 PSFs, sendo 8 na área urbana .

 

Para a secretária municipal de Saúde,  Rita Capdeville que é médica e  atual vice-prefeita, o recurso do Programa Saúde na Hora é irrisório ( em torno de R$ 2 mil ) e não paga os custos do funcionamento extra.

 

Médico Airton Jardim

 

Natural de Virgem da Lapa, Airton Jardim atua e reside em Araçuai há quase 30 anos. Pai de 4 filhos,e avô de 2 netos, é especializado em clinica médica, ginecologia e obstetrícia. Formado pela Faculdade de Medicina de Itajubá em 1982, ele recebeu a reportagem no último sábado, em seu consultório para a seguinte entrevista

 

Com sua experiência e conhecimentos na área de Saúde, quais você acredita serem os maiores desafios em Araçuai?

Em se tratando de saúde pública, o principal desafio são os recursos orçamentários. Hoje, um dos grandes problemas que enfrentamos é que os governos federal e estadual transferiram todas as responsabilidades com a Saúde Pública para os municípios, mas sem transferir os recursos necessários para sua manutenção. O cidadão vive na cidade, adoece na cidade e quer respostas rápidas na cidade. Em Araçuai há muitos desafios, mas nada impossível de ser sanado. Precisamos de pessoas certas no lugares certos.

 

Qual sua receita para enfrentar os desafios e solucionar problemas?

 –. Só conseguimos atingir objetivos e metas com planejamento.

Que avaliação  o senhor faz sobre a saúde em Araçuai?

Houve melhorias mas ainda ha muito o que se fazer. O grande gargalo é sobre a questão dos finais de semana e feriados. O paciente fica desassistido.

 

 

Hospital de Araçuai atende urgência, emergência e internações da cidade e de mais 5 municipios vizinhos, acarretando sobrecarga dos serviços

 

Sabemos que Araçuai não é atendido pelo SUS em procedimentos de alta complexidade, que envolve alta tecnologia e alto custo. Isso força muitos  pacientes a  tratamentos fora do domicilio, como os acometidos de câncer, doença renal crônica e cardiovascular, entre outras. Mas, em se tratando de CTI, é possivel equipar o hospital de Araçuai?

Sim, se houver parcerias entre governos do Estado, União e município. O custo maior é manter equipe multidisciplinar especializada.

 

 

O CTI  é um Centro de Tratamento e Terapia Intensiva,  uma unidade de um hospital que monitora contínuamente seus pacientes. Geralmente, os pacientes que vão para a CTI, são aqueles considerados casos graves, ou pessoas que acabaram de saír  de uma cirurgia e precisam de monitoramento constante.

 

A população de Araçuai esta cada vez mais assustada  com a violência. Qual receita ideal para diminuir a criminalidade?

É preciso investir mais em educacão e na formacão das pessoas. Dar mais   oportunidade de trabalho para os jovens e adolescentes, que são os mais vulneráveis, oferecer a eles cursos profissionalizantes, além de lazer e esportes. É preciso ainda aumentar o efetivo policial e executar politicas públicas de qualidade nos bairros mais carentes. Muitas dessas políticas  não são adotadas por falta de capacidade administrativa e burocrática dos governos.

 

Prefeitos de Itinga e Araçuaí, estão otimistas com a exploração de  lítio da Sigma Mineração. Além da geração de empregos , a companhia deve repassar recursos através da  Compensação Financeira pela Exploração do minério (CFEM), também conhecido como royalties da mineração. Qual importância disso em sua opinião?

Vai aquecer a economia. No entanto, é preciso investir em cursos profissionalizantes para aproveitar a mão de obra da região.

 

O senhor é pré- candidato a prefeito?

Se meu nome servir, estou à disposição. Vamos aguardar as pesquisas e o posicionamento da população e dos partidos politicos.

 

Se o senhor tivesse que  enviar uma mensagem ao atual prefeito de Araçuai, , qual seria o conteúdo dela?

Que ele ouça mais o clamor da população nos campos da saúde, educação e segurança. E que a administração se comprometa mais com a busca de soluções, principalmente para os moradores da zona rural, que sofrem com a seca e a falta d’água. Administrar com grupos diversos e não somente com aqueles que o elegeram. Reabrir o matadouro e melhorar a infraestrutura urbana.

 

O senhor gostaria de acrescentar algo à entrevista ?

Desejar a todos um Feliz Natal, um Ano Novo com mais esperança, paz e harmonia.

 

Sérgio Vasconcelos

Repórter