Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

29/01/2020 - 08:11 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Justiça liberta homem que espalhava fake news sobre pessoas de Araçuai e região

Ele vai responder o processo em liberdade.

Foto: Gazeta de Araçuai Justiça liberta homem que espalhava fake news sobre pessoas de Araçuai e região
O homem, de 42 anos, estava preso desde 21 de novembro, no presídio de Araçuai

Foi libertado na manhã desta terça-feira (28) um homem de 42 anos, acusado de espalhar, por meio de grupos de WhatsApp, boatos difamatórios, vídeos de sexo e nudez de adultos e também fotos sensuais de adolescentes. As vítimas eram moradores das cidades de Araçuaí, Itinga e Coronel Murta, no Vale do Jequitinhonha. As postagens envolveram pessoas conhecidas como empresários, profissionais liberais  e políticos.

 

Natural de Governador Valadares, ele estava preso desde 21 de novembro no presídio Carlos Vitoriano, em Araçuai. 

 

De acordo com o  delegado Geovane Klipell, que conduziu as investigações, se condenado,  o homem poderá pegar  até 8 anos de prisão, por divulgar imagens de sexo e nudez e até 6 anos, por pornografia infantil.

 

 

 

Entenda o caso


De acordo com as investigações, o homem criou e passou a administrar pelo menos 22 grupos de WhatsApp, sempre com a denominação “Babados de Itinga e Araçuaí", nos quais, além dos vídeos e fotos, publicava boatos de supostas traições conjugais, relações homoafetivas e troca de casais, envolvendo  cerca de 30 pessoas conhecidas,  das cidades de Araçuai, Coronel Murta e Itinga. Quatro vítimas, sendo duas menores de idade, representaram contra ele na delegacia de Araçuai.