Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Política

13/03/2020 - 15:33 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Justiça suspende direitos políticos de dois ex-prefeitos de Virgem da Lapa.

Além dos dois ex-prefeitos, decisão atinge também o pecuarista Gustavo Almeida Neto, ex-vice prefeito do município. Eles podem recorrer.

Foto: arquivo Justiça suspende direitos políticos de dois  ex-prefeitos de Virgem da Lapa.
Vista área parcial de Virgem da Lapa

 

 

O Juiz  de Direito da 2ª Vara Civel da Comarca de Araçuai, no Vale do Jequitinhonha (MG) Paulo Arbex Bueno, suspendeu por 4 anos, os direitos políticos dos ex-prefeitos de Virgem da Lapa,  Harley Lopes Oliveira (2013 -2016) e do pecuarista  Gustavo de Almeida Neto à época seu  vice e de Averaldo Martins, o Dim (PT) que foi prefeito do município por dois mandatos  de 2005 a 2012.

 

 

A sentença , divulgada no dia 17 de fevereiro, determina que além da suspensão dos direitos políticos, os envolvidos sejam  proibidos de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios direta ou indiretamente ainda que seja por intermédio de pessoas jurídicas do qual sejam sócios majoritários, pelo prazo de 3 anos. Da decisão cabe recurso.

 

Os ex-prefeitos afirmaram que ainda não foram notificados e que estavam tomando conhecimento da decisão pela imprensa. “ Vamos recorrer”- afirmaram.

 

Já o ex-vice prefeito Gustavo de Almeida Neto, o Gustavinho, não foi localizado. 

 

Ex-prefeitos de Virgem da Lapa Averaldo Martins, o Dim (PT) e Harley Lopes (Avante)

Entenda o caso

 

 

A sentença foi resultado de um processo iniciado em 2012, para  apurar denúncia da prática de improbidade administrativa e abuso de poder,  no período em que o ex-prefeito Harley Lopes, era secretarío municipal e candidato a prefeito, com apoio do então prefeito Dim , ambos do PT.

 

A denúncia feita pela chapa da oposição, encabeçada pelo ex-prefeito Diógenes Timo (PSDB), dava conta que o site oficial da prefeitura estava sendo utilizado para divulgar a campanha do candidato oficial.  

 

Procurado pela reportagem o ex-prefeito Dim informou que Harley era secretário municipal  naquele ano e  por um lapso de quem administrava o site da prefeitura,  o nome dele não foi retirado da equipe.” Foi só isso. Assim que fomos notificados tiramos o site do ar”, disse ele.

 

O Harley Lopes foi eleito por 3.700 votos, uma diferença de 700 votos para o adversário Diógenes Timo (PSDB) que retornou candidato em  2016, derrotando o ex-prefeito Dim. O município possui cerca de 10 mil eleitores.

 

O ex-prefeito Harley agora filiado ao AVANTE disse que pretende ser candidato a prefeito nas eleições deste ano. Já o ex-prefeito Everaldo Martins, que continua no PT, disse que uma possível candidatura dele está em aberto.

 

Gazeta de Araçuai