Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

04/05/2020 - 09:38 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Viatura é incendiada em patio da PM em Itinga

A polícia acredita que o crime ocorreu em retaliação ao trabalho da corporação no município.

Foto: divulgação Viatura é incendiada em patio da PM em Itinga
Viatura ficou completamente destruída

Uma operação policial foi montada para prender  suspeitos de terem   ateado  fogo a uma viatura da Polícia Militar (PM), na madrugada deste domingo (3), em Itinga no Vale do Jequitinhonha (MG) .

 

Policiais lotados no destacamento foram informados do incêndio por volta de 01h20m. Eles se deslocaram até o local e constataram que uma das viaturas estava pegando fogo. Eles  tentaram conter as chamas  que se espalharam rapidamente  mas só houve tempo de impedir que o fogo atingisse uma outra viatura.

 

 

 

Segundo informações da PM, a viatura estava estacionada no pátio interno do destacamento, localizado na avenida João Menezes, no bairro Porto Alegre.  O veículo ficou  totalmente destruído pelas chamas. Há suspeitas de  que pelo menos duas pessoas participaram do crime que pode ter sido cometido por retaliação contra a corporação.

 

Em 2019, segundo a   PM, 21 pessoas foram presas por tráfico de drogas, 15 veículos recuperados e várias outras prisões importantes. “ Temos a certeza que estamos realizando um trabalho que está incomodando a bandidagem”, informou o Comando do Destacamento de Itinga , em  nota divulgada nesta segunda-feira (4)

 

“Estamos imbuídos na missão de encontrar os autores e contamos com a ajuda da população, pois a perca maior é para o município de Itinga que precisa do serviço da PM em todo o seu território”, destacou a nota. O município de 14.956 habitantes,  conta agora apenas com uma viatura.

 

 

Na tarde deste domingo (3) um morador da cidade divulgou fotos e mensagem nas redes sociais, acusando a PM de te-lo agredido sob suspeita de envolvimento no crime.  " Ainda não recebemos nenhuma reclamação a respeito ",  afirmou  Sargento Ernani Martins, responsável pela Assessoria de Comunicação da PM, em Araçuai. A PM  não informou se ele possui passagens por algum delito

 

A perícia da Polícia Civil esteve no local e as causas do incêndio serão investigadas. Até o momento ninguém foi preso. 

 

Gazeta de Araçuai