Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

06/05/2020 - 10:35 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Suspeitos de incendiar viatura da PM em Itinga são transferidos para Teófilo Otoni

Delegado de Araçuai argumentou a medida como prevenção ao contágio do Covid-19.

Foto: arquivo Suspeitos de incendiar viatura da PM em Itinga são transferidos para Teófilo Otoni
Suspeitos ficarão à disposição da Justiça no presídio de Teófilo Otoni, durante 15 dias.

 

Três suspeitos de participarem do ataque a uma viatura da Polícia Militar  em Itinga, no Vale do Jequitinhonha (MG),  serão transferidos para o presídio de Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri. Eles foram presos e interrogados por 7 horas,   nesta terça-feira (5)pelo delegado de Araçuai, Geovane Klipell. Após o interrogatório, que terminou por volta das 21 horas,  eles seguiram para o presídio de Pedra Azul e de lá serão levados para Teófilo Otoni.

 

De acordo com o delegado,  todos têm passagens  por dano e tráfico de drogas.

 

Os três suspeitos, de 30, 20 e 19 anos, estavam  entre o grupo de 5 homens  presos sob acusação de atear fogo na viatura policial da cidade. Um jovem de 18 anos foi liberado, porque, segundo o delegado, não ficou clara a participação dele no crime. O adolescente de 16 anos,  também foi liberado. O delegado afirmou que vai pedir a internação dele.

 

A transferência para o presídio de Teófilo Otoni, de acordo com o delegado, se deve à pandemia do Covid-19. “ Eles ficarão por lá, durante 15 dias,  e se não demostrarem sinais de contágio, são transferidos para Araçuai”, assegurou .

 

O delegado disse ainda que vai pedir a prisão preventiva   dos envolvidos, que não poderá ultrapassar 180 dias, se decretada no curso da investigação.

 

Os suspeitos responderão pelo crime de incêndio e corrupção de menor.

 

Interrogatório dos suspeitos, conduzido pelo delegado Geovane Klipell (foto) durou 7 horas.

 

Entenda o caso

 

Na madrugada de domingo (3) um grupo de 5 homens, entre eles, um menor de 16 anos, ateou fogo em uma viatura que estava estacionada no pátio da PM em Itinga, no bairro Porto Alegre, naquela cidade.

 

Policiais Militares foram acionados por volta de 01h25m, mas não conseguiram  apagar as chamas que  destruíram completamente o veículo. Uma outra viatura que estava no local não foi atingida.

 

Após o crime, a PM montou uma operação para prender os suspeitos.  Imagens de câmeras de monitoramento, denúncias anônimas e entrevistas com moradores,  possibilitaram identificar o mandante e os quatro executores, entre eles um menor de 16 anos, que foi apreendido. “ O menor  ficou vigiando a rua, enquanto um dos suspeitos ateava fogo na viatura.”,  informou o delegado Geovane Klipel.

 

Um galão de gasolina foi apreendido. “Tudo indica que o mandante tenha sido um homem, identificado como Roberto Carlos Silva, após a polícia apreender uma motocicleta dele”, disse o delegado.

 

Viatura incendiada estava no pátio do Destacamento da PM, localizado na rua João Menezes.

 

Repúdio

 

“Os presos foram autuados em flagrante delito, pois não ficariam impunes em uma ação criminosa de perda de um patrimônio público estadual, que é importantíssimo para a segurança pública do município, além do valor simbólico dessa ação criminosa que atinge diretamente a Polícia Militar, e indiretamente os cidadãos dos municípios vizinhos”, afirmou a PM em nota divulgada na manhã desta quarta-feira (6)

 

Gazeta de Araçuai