Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Saúde

10/06/2020 - 17:48 - Fonte: G-1

Prefeitura de Salinas decreta suspensão total das atividades não essenciais no município

De acordo com o decreto 8.949, medidas valem até o dia 15 de junho, quando serão reavaliadas. Estabelecimentos e pessoas que descumprirem normas estão sujeito a multas.

Foto: divulgação Prefeitura de Salinas decreta suspensão total das atividades não essenciais no município
Atividades não essenciais em Salinas estão suspensas totalmente até 15 de junho

O prefeito de Salinas, José Prates (PHS), decretou nesta terça-feira (9) a suspensão total de todas as atividades não essenciais do município, chamada de lockdown, até a próxima segunda-feira (15) como forma de evitar a disseminação da Covid-19 no município.

 

O decreto 8.949/2020 estabelece as normas de funcionamento para serviços públicos e para as atividades consideradas essenciais.

 

Ainda conforme o decreto, até o dia 21 de junho estão proibidas reuniões, públicas ou privadas, de pessoas que não morem na mesma residência.

 

O Executivo prevê multa diária de R$ 1000 para estabelecimentos comerciais e de R$ 150 para pessoas físicas que descumprirem as medidas, podendo o valor ser duplicado em caso de reincidência.

 

Ainda conforme o decreto, a partir do dia 16 de junho, todas as pessoas não residentes que ingressarem em Salinas estarão sujeitas a cumprir quarentena obrigatória, com prazo de 14 dias ou 10 dias de isolamento domiciliar, a depender do estado de onde a pessoa veio.

 

As medidas do decreto 8.949 serão reavaliadas a partir do dia 15 de junho. Todas as determinações do documento podem ser conferidas no site da Prefeitura.

 

De acordo com boletim epidemiológico desta terça-feira (9), Salinas possui 8 casos confirmados, entre eles uma morte. Outras 27 notificações estão sendo investigadas.