Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Cidades

11/06/2020 - 19:07 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Tapetes de serragem colorem avenida e preservam tradição em Novo Cruzeiro

Com todos os cuidados para evitar a propagação do vírus, católicos celebraram o Corpus Christi com devoção e fé.

Foto: divulgação Tapetes de serragem colorem avenida e preservam tradição em Novo Cruzeiro
Tapetes foram montados na avenida Júlio Campos, no centro da cidade.

Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, moradores de Novo Cruzeiro, na região do Vale do Jequitinhonha (MG) , mantiveram  a tradição dos tapetes coloridos neste feriado de Corpus Christi. Com serragem, eles levaram  nos desenhos uma mensagem de esperança e fé .

 

Com a impossibilidade da realização de grandes eventos públicos devido à Covid-19,  funcionários da prefeitura e moradores da cidade seguiram com a tradição que é marca da cultura da cidade.

 

 Com todos os cuidados para evitar a propagação do vírus,  fiéis percorreram a avenida Júlio Campos, no centro da cidade e ruas dos principais bairros.

 

Os voluntários passaram toda a  noite de quarta-feira (10) e inicio da madrugada desta quinta-feira,  preparando os tapetes de serragem para a tradicional procissão de Corpus Christi que teve início por volta das 10 horas da manhã.

 

 

A tradição é mantida há décadas na cidade.

 

Nesta quinta-feira (11), os católicos em todo o mundo celebraram o sacramento da eucaristia.

 

De joelhos, fiel faz sua oração sobre um dos tapetes pintados na avenida.

 

 

De acordo com a artesã Adelaide Ramos de Campos, uma das responsáveis pela confecção dos tapetes, a tradição em Novo Cruzeiro é  preservada há mais de  15 anos  e envolve toda a comunidade católica.

 

“ Os organizadores tomaram as medidas protetivas, com uso de máscaras ,sem aglomerações de pessoas .Fizemos o percurso a partir da Igreja Matriz São Bento,Centro e bairros da cidade .O evento é tradicional da Paróquia São Bento”, disse Adelaide Ramos.

 

Alguns  moradores do entorno  da avenida, também prepararam enfeites nas fachadas das casas, como forma de preservar o simbolismo da data.

 

Os desenhos foram variados e reafirmaram a fé e a devoção, como o cálice, a hóstia e a imagem de Cristo. São símbolos sacros, que ganharam forma  ao longa da  principal  avenida da cidade  de cerca de 18 mil moradores.

 

A expressão Corpus Christi vem do latim e significa Corpo de Cristo. A data celebra a crença da Igreja Católica na presença real de Jesus na hóstia consagrada. Os tapetes são uma forma de reverenciar o Santíssimo Sacramento, que é levado pelo celebrante durante a procissão pelas ruas da cidade.

 

Sérgio Vasconcelos

Repórter