Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

05/08/2020 - 16:02 - Fonte: G-1

Mãe diz à polícia que furtou relógio porque filha queria e ela não podia pagar

Segundo a PM, mulher foi flagrada jogando relógios dentro de sacola. Produtos foram levados de loja em Taiobeiras (MG).

Foto: divulgação Mãe diz à polícia que furtou relógio porque filha queria e ela não podia pagar
Caso foi registrado na região central de Taiobeiras

 

Uma mulher de 47 anos foi presa com relógios furtados de uma loja no centro de Taiobeiras, no Vale do Jequitinhonha (MG) nesta quarta-feira (5). Segundo a Polícia Militar, ao ser questionada, disse que cometeu o crime porque uma das filhas queria o acessório e ela não podia comprar.

 

Relógios apreendidos pela PM

 

“Mãe e filhas chegaram com várias sacolas, a funcionária pediu que deixassem as sacolas em um local, mas elas disseram que não precisava. Elas compraram alguns produtos, como brincos e bolsas, e saíram”, explica a soldado Ana Paula Cardoso Pereira.

 

 

Ao perceber o furto dos relógios, que custam R$ 370 cada, a proprietária acionou a PM.

“Por meio das câmeras de segurança, vimos o momento em que ela [mãe] jogou os relógios na sacola que carregava”, fala a soldado.

 

Os policiais fizeram levantamentos e descobriram o local onde a mulher mora.

 

“Ao ser questionada, ela confessou o crime sem surpresas e disse que furtou porque a filha queria o relógio e não tinha condições de comprar”, finaliza a soldado.

 

A mulher foi levada à delegacia e as filhas também foram conduzidas por afirmarem que sabiam do furto.