Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Cidades

09/08/2020 - 08:36 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Festa religiosa de Virgem da Lapa é cancelada devido à pandemia do Coronavírus

As barreiras sanitárias de acesso à cidade permanecerão ativas, de forma a bloquear a entrada e a circulação de caravanas na cidade.

Foto: arquivo Festa religiosa de Virgem da Lapa é cancelada devido à pandemia do Coronavírus
Festa reúne milhares de pessoas durante os festejos

 

A tradicional Festa de agosto de Virgem da Lapa,  na região do Médio Jequitinhonha(MG),  teve a sua edição 2020 cancelada devido a pandemia do novo coronavírus. A festa acontece sempre na primeira quinzena de agosto com seu ponto alto no dia 15 .

 

 

Sagrado e profano se misturam na festa de Agosto. Durante à noite, região da Baixinha recebe visitantes e shows de bandas.

.

A Prefeitura de Virgem da Lapa e a Paróquia local , após reuniões conjuntas de avaliação, decidiram em comum acordo o cancelamento público da Festa.

 

 

 

Boletim epidemiológico da secretaria municipal de Saúde sobre o Covid-19 no município, com dados até 9 de agosto.

 

Considerada uma das maiores festas religiosas da região, ela reúne pessoas de vários lugares do Brasil. Muitos devotos chegam até à basílica de bicicleta, a pé ou a cavalo, para agradecer as graças alcançadas. A festa também é uma importante fonte de geração de renda para o município.

 

Devido à pandemia ,as celebrações religiosas, como novenas e missas, serão realizadas sem público e transmitidas pelas redes sociais, permitindo que os devotos possam acompanhar de maneira segura em suas casas. A prefeitura contratou uma empresa especializada em plataformas digitais para garantir as transmissões online. As novenas poderão ser acompanhadas através do endereço eletrônico  https://www.youtube.com/watch?v=2pcFWTpJQno&feature=youtu.be

 

A preocupação da administração municipal é que mesmo com a festa cancelada alguns fiéis insistam em visitar o santuário para pagar promessas.

 

As barreiras sanitárias de acesso à cidade permanecerão ativas, de forma a bloquear a entrada e a circulação de caravanas  na cidade.

 

Mascates e suas barracas  fazem parte da tradição da festa de Agosto.

Durante a festa, a avenida Castelo Branco, no centro da cidade de  Virgem da Lapa, no Vale do Jequitinhonha (MG), se transforma em passarela  para o maior shopping popular à céu aberto da região. Mascates saídos de todos os ocos do país, principalmente da Bahia e Espírito Santo, se misturam com romeiros, turistas e moradores do lugar.

 

Todo o Vale do Jequitinhonha, região a qual pertence a cidade de Virgem da Lapa, está na fase vermelha da pandemia, a mais restritiva do governo estadual.

 

 

História

 

Segundo relatos históricos, a peregrinação de romeiros à Virgem da Lapa começou ainda no princípio do século 18. Por volta de 1728, um garimpeiro teria encontrado a imagem da santa às margens do córrego São Domingos. Mas, também existe uma lenda segundo a qual a imagem foi encontrada por um menino, que saiu para juntar burros, a mando de seu pai, um tropeiro. Depois, a criança teria perseguido um coelho, indo parar dentro de uma gruta iluminada, com altar natural. Conhecida também como Festa de Agosto, o evento tem seu ponto alto no dia 15, quando ocorre uma grande procissão que sai do Santuário às margens do Córrego São Domingos, na parte baixa da cidade, ate à Matriz, na parte alta.

 

 

Gazeta de Araçuai