Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Política

20/08/2020 - 08:01 - Fonte: Gazeta de Araçuaí

Partidos mineiros se adaptam para convenções no mundo virtual

Em meio a pandemia do coronavírus, legendas definem as datas e formatos dos encontros que vão definir seus candidatos nesta eleição. Início da convenções começa em 31 de agosto e seguem até 16 de setembro.

Foto: ilustrativa Partidos mineiros se adaptam para convenções no mundo virtual
Em Minas e em Belo Horizonte, a tendência é que os partidos prefiram os encontros virtuais ou semipresenciais.

Com a mudança no calendário eleitoral após a promulgação da Emenda Constitucional 107/2020, as convenções partidárias poderão ocorrer a partir do próximo dia 31. O evento, que antes era sinônimo de aglomeração e festividades, terá de ser adaptado à realidade da pandemia do novo coronavírus. 

Em Minas e em Belo Horizonte, a tendência é que os partidos prefiram os encontros virtuais ou semipresenciais. Algumas legendas aguardam, entretanto, em qual fase o isolamento social estará no próximo mês para definirem datas e a forma do encontro. Os partidos têm até o dia 16 de setembro para a escolha dos candidatos.

 

A permissão para as convenções virtuais veio pela própria Emenda Constitucional para atender às recomendações médicas e sanitárias impostas. As legendas, entretanto, devem garantir ampla publicidade, a todos os seus filiados, das datas e medidas que serão adotadas.

 

Veja abaixo as datas do calendário eleitoral deste ano:

 

 

  • a partir de 11 de agosto: emissoras ficam proibidas de transmitir programa apresentado ou comentado por pré-candidato, sob pena de cancelamento do registro do beneficiário;
  •  
  • 31 de agosto a 16 de setembro: período destinado às convenções partidárias e à definição sobre coligações;
  •  
  • 26 de setembro: prazo para registro das candidaturas;
  •  
  • a partir de 26 de setembro: prazo para que a Justiça Eleitoral convoque partidos e representação das emissoras de rádio e TV para elaborarem plano de mídia;
  •  
  • após 26 de setembro: início da propaganda eleitoral, também na internet;
  •  
  • 27 de outubro: prazo para partidos políticos, coligações e candidatos divulgarem relatório discriminando as transferências do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (Fundo Eleitoral), os recursos em dinheiro e os estimáveis em dinheiro recebidos, bem como os gastos realizados;
  •  
  • 15 de novembro: primeiro turno da eleição;
  •  
  • 29 de novembro: segundo turno da eleição;
  •  
  • até 15 de dezembro: para o encaminhamento à Justiça Eleitoral do conjunto das prestações de contas de campanha dos candidatos e dos partidos políticos, relativamente ao primeiro turno e, onde houver, ao segundo turno das eleições;
  •  
  • até 18 de dezembro: será realizada a diplomação dos candidatos eleitos em todo país, salvo nos casos em que as eleições ainda não tiverem sido realizadas.