Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Política

05/09/2020 - 16:43 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Vereador será vice na chapa do PT,em disputa pela prefeitura de Araçuai

Escolha foi feita através de votação dos convencionais do partido realizada neste sabado (5)

Foto: Gazeta de Araçuai Vereador será vice na chapa do PT,em disputa pela prefeitura de Araçuai
Vereador Erotides Filho está em primeiro mandato.

Chapa sangue puro. O nome do vereador Erotides Filho,(PT) foi confirmado como pré-candidato a vice-prefeito na chapa da ex-prefeita de Araçuai, Maria do Carmo Silva, a Cacá, que irá disputar a eleição municipal como candidata do PT- Partido dos Trabalhadores- à prefeitura de Araçuai, no Vale do Jequitinhonha (MG). O partido terá como aliado o PCdo B- Partido Comunista do Brasil.

 

 

A escolha foi feita durante  reunião realizada  com os convencionais do partido, neste sábado(5), no espaço de festas, Pedra Sobre Pedra.

 

O nome do vereador não foi consenso. De acordo com informações de um dos convencionais, na noite anterior, o atual prefeito Armando Paixão (PT),  ligou para os convencionais  para pedir apoio a Janio Santana- funcionário da Secretaria Municipal de Saúde, que obteve 5 votos dos  13 convencionais.

 

 

O PT em Araçuai vem enfrentando problemas internos, desde a escolha do nome da ex-prefeita Cacá para encabeçar a chapa, já que a  médica e atual vice-prefeita,  Rita Capdeville era tida como preferida, mas acabou preterida. Desde então, a ex-prefeita que acumulava o cargo como secretária municipal de Saúde, se fechou em copas e mantém silêncio sobre o processo sucessório.

 

Ex-prefeita Maria do Carmo- a Cacá- está há 16 anos sem disputar uma eleição. Natural de Montes Claros,ela retornou recentemente à Araçuai.

 

 

 

Ungida

 

A ex-prefeita Maria do Carmo Silva, natural de Montes Claros,não disputa eleições há 16 anos. Ela administrou o município de 1997 a 2000 sendo reeleita para um novo mandato até 2004. Em 2012 teve suas contas reprovadas pela Câmara Municipal e ficou inelegível por 8 anos.

 

Em janeiro de 2012, o promotor público Leonardo Morroni Araújo, instaurou 2 inquéritos contra a ex-prefeita, para apurar  gastos indevidos  de verbas do FUNDEF- Fundo de Manutenção e Desenvolvimento  de Ensino Fundamental, durante o mandato dela. Na denúncia o promotor pediu a devolução de R$ 521.890,17 reais aos cofres públicos. A ex-prefeita recorreu e o processo ainda tramita na justiça.

 

Após a denúncia, a ex-prefeita, amiga do então presidente Lula, se mudou para Brasília,  onde trabalhou como assessora da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. Com a saída de Lula do governo, a ex-prefeita se mudou para Diamantina, para ser Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social.

 

Em abril deste ano foi nomeada assessora do gabinete do deputado  estadual André Quintão, cargo que pediu exoneração para se mudar novamente para Araçuai para ser pré-candidata a prefeita pelo PT.

 

Tudo indica que a convenção que irá formalizar as candidaturas será realizada no próximo dia 13 de setembro, quando também serão referendas as coligações para a disputa majoritária e as candidaturas às vagas de vereador.

 

Gazeta de Araçuai