Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

08/03/2021 - 12:10 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Professor é assassinado dentro de casa em Araçuai

A autoria e motivação ainda são desconhecidas. A Polícia não descarta nenhuma linha de investigação, entre elas, crime de homofobia.

Foto: redes sociais. Professor é assassinado dentro de casa em Araçuai
Edson Santos era professor de inglês e completou 41 anos em janeiro.

Um professor de 41 anos foi assassinado  na madrugada desta segunda-feira (08) , dentro da própria casa, localizada na rua Glauber Rocha, no bairro Alto Paraíso, em Araçuai, no Vale do Jequitinhonha (MG).

 


 O crime pode ter  ocorrido  por volta das 4h50m, quando vizinhos acionaram a Polícia Militar,após ouvirem gritos dentro da casa. O professor Edson Carlos Coelho dos Santos, morava sozinho. Ele lecionava inglês na Escola Industrial São José, e era muito querido pelos alunos.

 

A Polícia Militar, afirmou que o caso ainda está sob investigação. O Sargento Afonso, um dos policiais que esteve no local do crime, contou que o corpo do professor foi encontrado no quintal da casa, que é toda murada. “Havia muito sangue espalhado no interior da casa. Próximo ao corpo foi encontrado um garfo entortado e vários tijolos ensaguentados, que acreditamos foram usados para matar o professor”- disse o policial.

 

O policial disse ainda que a residência não tinha sinais de arrombamentos. “Apenas a porta da sala estava aberta, juntamente com as janelas. O professor era proprietário de uma moto e um carro que não foram encontrados na residência”- informou o PM.

 

“ Edson Professor de inglês, grande companheiro e militante do Partido dos Trabalhadores foi encontrado morto nesta manhã de segunda-feira,(08/03), na sua residência no bairro Alto Paraíso. Tudo indica que foi assassinado covardemente. Uma pessoa do bem, trabalhador e atuante na educação. Edson era um amigo. Sempre com um sorriso no rosto para acolher tudo e todos”- escreveu Luciano Silveira, professor de teatro em Araçuai e amigo do professor. "Muitos alunos costumavam ir na casa dele fazer trabalhos. Ele era uma pessoa do bem, muito querido..."- disse um ex-aluno do professor.

 

A autoria e motivação do crime ainda são desconhecidas. A policia não descarta nenhuma linha de investigação, entre elas , crime de homofobia. O corpo do professor foi encaminhado ao IML para perícia. Ainda não há informações sobre o sepultamento.

 

Gazeta de Araçuai