Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

25/06/2021 - 19:47 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Mulher é suspeita de matar companheiro na zona rural de Araçuai

A mulher está foragida

Foto: divulgação Mulher é suspeita de matar companheiro na zona rural de Araçuai
Júlio César Alves Ferreira, tinha 31 anos.

 

 

 

 

Uma mulher de 34 anos, identificada por  Márcia Alves Peixoto´, é a principal suspeita de ter  matado  o companheiro dela,  Júlio César Alves Ferreira, de 31 anos, com um golpe de faca, no início da  madrugada desta sexta-feira, 25 de junho, na  Comunidade das Tesouras do Meio, a 24 km de Araçuai, no Vale do Jequitinhonha (MG). O  crime ocorreu na casa do casal. Há ainda suspeitas de que o crime tenha ocorrido na presença de uma criança de 2 anos, filha da autora, que está foragida. A criança também não foi localizada.

 

 

De acordo com a polícia, o corpo do homem foi encontrado caído no quintal da casa,  por volta das 9 horas da manhã, por um garoto de 10 anos que avisou os familiares dele.

 

 

Uma equipe da PM esteve no local. Segundo um policial, havia sinais de luta corporal no quarto da casa, copos quebrados na cozinha e muito sangue.

 

 

Companheira da vítima é a principal suspeita. Ela está foragida.

 

 

 

 

No dia anterior o casal fez uma compra em Araçuai para comemorar o dia de São João. Vizinhos contaram que ouviram som muito alto e foguetes.

 

 

A polícia informou que o casal fazia uso constante de álcool e brigavam constantemente. “Acreditamos que durante a madrugada, os dois entraram em desentendimento e durante a discussão, o homem foi esfaqueado.Não sabemos ainda se haviam outras pessoas no local”- disse um policial.

 

 

Moradores contaram que a mulher foi vista na  estrada, na manhã  desta sexta-feira (25), entrando em um ônibus em direção à Araçuai.

 

A perícia da Polícia Civil chegou ao local por volta das 16 horas. O corpo do homem foi removido para o IML de Almenara. O caso será investigado pela Polícia Civil.

 

Gazeta de Araçuai