Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Educação

15.03.2012 - 11:52 - Fonte: Gazeta de Araçuaí

Araçuai, Almenara, Capelinha e Nanuque são as cidades escolhidas para sediar os novos campus da UFVJM

Prevista para amanhã a partir das 14 horas, a reunião em Diamantina do Conselho Universitário da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) vai apenas referendar a decisão do Ministério da Educação de instalar três campus no Alto, Médio e Baixo Jequitinhonha.

Foto: Arquivo Araçuai, Almenara, Capelinha e Nanuque são as cidades escolhidas para sediar os novos campus da UFVJM
Araçuai foi uma tres cidades do Vale a ser contemplada com campus da UFVJM

Prevista para amanhã a partir das 14 horas, a reunião em Diamantina do Conselho Universitário da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) vai apenas referendar a decisão do Ministério da Educação de instalar três campus no Alto, Médio e Baixo Jequitinhonha. As cidades escolhidas foram Capelinha ( Alto Jequitinhonha) Araçuai ( médio Jequitinhonha) e Almenara ( Baixo Jequitinhonha ). A informação foi confirmada pelo deputado federal Fábio Ramalho (PV) e pelos prefeitos de Araçuaí, Aécio Jardim e de Almenara Fabyany Ferraz. “ Os movimentos populares foram importantes para esta decisão. Agora o mais importante não é saber quem é o pai ou filho da criança mas sim, darmos as mãos e ajudar na implantação do campus de Araçuaí”, disse o prefeito de Araçuaí que participará da reunião do Consu. De acordo com informações da UFVJM somente poderão participar da reunião os prefeitos e mais uma pessoa credenciada por eles.

 

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) tem sede no município de Diamantina,(MG). Foi criada em 6 de setembro de 2005, pela Lei nº 11.173, que transformou as Faculdades Federais Integradas de Diamantina em Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM). Em 2006, foi criado um campus em Teófilo Otoni. Em 16 de agosto de 2011, a presidenta da República Dilma Rousseff anunciou a construção de dois novos campi nas cidades de Janaúba e Unaí. A decisão da presidenta fez desencadear uma série de manifestaações e passeatas jamais vistas na região, em favor da instalação de campus da UFVJM no Vale.

 

No segundo semestre de 2006 foram implantados 5 novos cursos de graduação, (Educação Física, Química, Ciências Biológicas, Turismo e Sistemas de Informação), e um novo campus na cidade de Teófilo Otoni, no vale do Mucuri, também com 8 novos cursos (Administração/Comércio Exterior, Ciências Contábeis, Economia, Matemática, Serviço Social e o bacharelado em ciência e tecnologia, que permite ao graduando um acesso direto às áreas de engenharia civil, hídrica e produção). No ano de 2007 teve eleições para a vaga de reitor e vice-reitor da UFVJM e a comunidade acadêmica, em sua maioria, escolheu a chapa liderada por Pedro Angelo Almeida Abreu.

 

'Atualmente, a UFVJM é uma das 3 instituições de ensino superior do Brasil a dispor do curso de engenharia hídrica e já está entre as trinta melhores universidades federais do Brasil segundo o ENADE.'