Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

18/03/2012 - 21:41 - Fonte: Gazeta de Araçuaí

PM usa helicóptero em busca por assaltante que provocou tiroteio na zona rural de Araçuaí

Uma equipe de dezoito policiais militares se mobilizou na tarde de domingo ( 18/03) em Araçuaí, (MG) médio Vale do Jequitinhonha, em busca do assaltante Alírio Gonçalves Costa, 35 anos, conhecido por Branco, Caveira, Trutinha ou 666.

Foto: Divulgação PM usa helicóptero em busca por assaltante que provocou tiroteio na zona rural de Araçuaí
Alírio é considerado bandido de alta periculosidade

Uma equipe de dezoito policiais militares se mobilizou na tarde de domingo ( 18/03) em Araçuaí, (MG) médio Vale do Jequitinhonha, em busca do assaltante Alírio Gonçalves Costa,  35 anos,  conhecido por Branco, Caveira, Trutinha ou 666. Natural de Neves, povoado de Araçuaí, ele é foragido da Justiça do Estado de São Paulo.

 

Alírio é suspeito de participar de uma quadrilha especializada em assalto a bancos . Segundo informações da polícia, ele estava na localidade  para reunir comparsas para assaltar agências bancárias de Novo Cruzeiro e Caraí.

 

O helicóptero Pegasus, da PM de Montes Claros,  e uma viatura do Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) estão na região e dão apoio à operação.

 

No dia 11 de março, Alírio  trocou tiros com policiais de Novo Cruzeiro e Caraí que foram até àquela localidade para cumprir um mandado de prisão contra ele.

Durante o tiroteio um policial e uma criança de 4 anos ficaram feridos. Eles foram atendidos no hospital de Araçuai e não correm risco de morte. Alírio Costa fugiu levando sua companheira, uma menor de 16 anos, natural de São Paulo.

 

“ Temos certeza que ele ainda está na região e,  prende-lo,  é uma questão de honra para a polícia militar”, afirma o Tenente Gilamárcio Silva, do Comando Militar de Araçuaí.

 

O helicóptero sobrevoou a região das Neves e retornou à Araçuaí no início da tarde. “ Vamos continuar a operação nesta segunda-feira. Deixamos uma equipe de 5 policiais na localidade”, disse Tenente Gilamárcio.

 

A companheira do assaltante foi interrogada pelos militares. “ Ela nos levou até o local onde eles passaram a noite, após o tiroteio. Após o interrogatório, ela foi liberada porque não teve participação no episódio”, informou o policial.

 

Ao ser informada da situação, a família da menor enviou um carro até a localidade para leváa-la de volta à São Paulo. “ Pensamos até que era um carro para resgatar o Alírio”, disse o Tenente Gilamárcio.

 

No último assalto que Alírio participou,  não dia 1º de novembro do ano passado, 14 homens fortemente armados invadiram uma agência do Bradesco, na cidade de Piracicaba (SP) no dia 1º de novembro do ano de onde levaram R$ 460 mil reais. Na troca de tiros morreram dois assaltantes e um detetive.

 

Há informações que o assaltante esteja escondido em algum garimpo próximo à Fazenda Gurpiara , na região das Neves. Ele estaria portando duas pistolas calibre 9 mm e outra calibre 40.